Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

onde tudo se ouve...

sobre | programação | spotify

em direto estamos no ar... em emissões experimentais

08.08.18

Uso de carro da PSP em videoclip cria polémica na instituição


Bruno Micael Fernandes

Facebook David Carreira

 

David Carreira lançou um novo vídeo e a polémica veio de onde menos se esperava. Vários agentes da PSP estão indignados com o uso de um carro de patrulha no videoclip da nova música do cantor com Deejay Telio e MC Zuka, "O Problema Que Ela É Linda". 

A notícia é divulgada pelo jornal i. Segundo o diário, vários agentes acham que a banalização dos carros da instituição neste tipo de produções pode pôr em causa a imagem da instituição. A Organização Sindical dos Polícias vai mais longe, caraterizando a situação como "incompreensível e intolerável". 

Em causa está o facto de, no vídeo, Deeay Telio aparecer sentado em cima do capô da viatura a cantar "a foda é que ela é linda", acompanhado de várias mulheres e com as portas abertas. Noutros planos do vídeo, é possível, ainda, ver o carro de capô aberto. 

"No entender da OSP/PSP, a música nada tem a ver com o serviço policial e desfigura a instituição como algo banal e indigno em que qualquer um pode espojar-se em cima de uma viatura de serviço policial e fazer e dizer o que bem lhe apetece", refere uma fonte do sindicato, citada pelo diário, que considera que, com a publicação do vídeo, "a dignidade e nobreza da PSP foi posta em causa". O sindicato promete tentar saber "se a PSP tem conhecimento deste uso abusivo dos meios policiais alugados e solicitar esclarecimento sobre o que foi ou irá ser feito para corrigir estas situações". 

PSP diz que o uso da viatura foi diferente do pedido

Segundo o i, a produtora do videoclip requereu à PSP o uso da viatura mas para um uso diferente daquele que foi feito no videoclip. Hugo Palma, porta-voz da PSP, diz que a autorização era para que o carro fosse usado "ao fundo (como cenário) e não com pessoas sentadas". A PSP está a estudar uma reação. 

O jornal contactou a agência de David Carreira que descartou responsabilidades. "A produção do videoclipe do novo single do artista ficou a cargo da entidade RegiBrainstorm, e esta procedeu ao pedido das respetivas licenças e autorizações na Direção Nacional da PSP, através do seu gabinete de relações públicas, junto da qual foi feito um pagamento pelo serviço", referiu a agência, acrescentando que foi feito "um acompanhamento de um responsável da entidade em todos os momentos do processo". 

A utilização de viaturas da PSP neste tipo de produções é comum. Segundo o jornal, o custo do aluguer é e vinte euros por hora, acrescido de combustível. 

O vídeo de David Carreira já tem mais de meio milhão de visualizações no YouTube e, à data de publicação desta notícia, está em primeiro lugar das tendências em Portugal. 

 

detetaste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
escuta o largo.fm e torna-te patrono.