Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

17.05.18

“Uma Noite no Mar” de Alfredo Cunha no Museu de Ílhavo


helena margarida

Divulgação

O Museu Marítimo de Ílhavo acolhe, a partir do dia 19 de maio, a exposição fotográfica “Uma noite no Mar”, de Alfredo Cunha, que ficará patente ao público até ao dia 30 de setembro.

A abertura da sessão comemorativa do Dia Internacional dos Museus, agendada para as 16h30 de sábado e com entrada gratuita, contempla a apresentação do catálogo e a visita guiada à exposição conduzida pelo próprio Alfredo Cunha e por Aníbal Lemos.

Esta mostra inédita de 40 registos fotográficos de Alfredo Cunha espelha a experiência do conceituado fotojornalista, numa noite, como pescador e tripulante a bordo da traineira “Henrique Cambola”, de Matosinhos, à pesca da sardinha.

“Uma noite no Mar”, em vésperas de um S. João, regista as águas de estanho da noite, exalta os gestos do mestre e dos pescadores, praguejando entre si, içando as redes e sacudindo o peixe miúdo, e restabelece a harmonia das máquinas de navegar com os caçadores de peixes.

Historicamente, a pesca da sardinha é a grande pescaria portuguesa, tendo sido raros os anos em que as capturas de sardinha não ocuparam o primeiro posto nos desembarques registados nos portos e Iotas de Portugal.

Alfredo Cunha nasceu em 1953, em Celorico da Beira. Em 1970 iniciou a sua carreira profissional em fotografia publicitária e comercial e no ano seguinte, em 1971, a sua carreira de fotojornalista no "Notícias da Amadora". Colaborou com o Jornal “0 Século” e "O Século Ilustrado” (1972), a Agência de Notícias Português - ANOP(1977) e as agências de Notícias de Portugal (1982) e Lusa (1987).

Foi fotógrafo Oficial dos Presidentes da República Ramalho Eanes e Mário Sores. Em 1996 recebeu a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique.

Trabalhou no Jornal “Público” como fotógrafo e editor-chefe entre 1989 e 1997, e integrou o grupo Edipresse como fotógrafo-chefe. Em 2000 começou a trabalhar na revista semanal Focus. Em 2002 colaborou com Ana Sousa Dias no programa de TV "Por Outro Lado” na RTP2. Entre 2003 e 2009 foi fotógrafo e editor-chefe do “Jornal de Notícias·. De 2010 a 2012 foi diretor fotogr8fico da “Global Imagens".

Atualmente trabalha como freelancer, desenvolvendo projetos editoriais.

Mas em Dia Internacional dos Museus há mais para ver no Museu Marítimo de Ílhavo. Sexta-feira, 18 de maio a entrada é livre no Museu até às 24h00 e no Navio-Museu Sto. André entre as 10h00 e as 18h00. No sábado, 19 de maio, há Oficina Escrita Criativa, com Pedro Chagas Freitas (10h00-13h00 - custo: 10,00€ - 15 px); Sessão de Yoga para famílias (10h00 - custo: 6,00€/adulto+criança, crianças entre os 3 e os 7 anos – 16 px) e Visita especial “Mergulhador por um dia” (11h00 – custo: 3,00€ - 25 px).

No domingo, 20 de maio haverá Receitas da Gastronomia de Bordo (16h30 - gratuito, sujeito a inscrição prévia em turismo@cm-ilhavo.pt); Territórios com História: O Mar, as Pescas e as Comunidades e Showcooking e visita gastronómica interpretada (16h30 - gratuito, sujeito a inscrição prévia em turismo@cm-ilhavo.pt)

Mais informações e inscrições através do telefone 234329990 ou visitas.mmi@cm-ilhavo

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
wook é uma oferta?