Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

09.11.18

Sport TV sai da grelha da NOWO


Bruno Fernandes

Pplware/Direitos Reservados

Sport TV saiu, de forma unilateral, da grelha da operadora regional Nowo, informou a estação televisiva em comunicado. 

Em causa, segundo a operadora, estão as novas condições que a estação apresentou e que previa um agravamento de 15% no custos. Já do lado da estação de televisão, estão em causa dívidas antigas nunca pagas. 

O sinal está indisponível desde a 00h desta sexta-feira. 

A antiga Cabovisão, em comunicado emitido esta manhã, diz que esta é uma "decisão sem precedentes no mercado português por parte da Sport TV – a interrupção unilateral do serviço, prejudicando desta forma milhares de clientes NOWO e Sport TV de norte a sul do país". "As novas condições apresentadas pela Sport TV foram apresentadas à NOWO na véspera do último dia de vigência do contrato anteriormente em vigor, não tendo havido até então qualquer indicação que pudesse antever uma revisão contratual nos moldes que hoje a NOWO conhece", acrescenta a operadora, estranhando a posição do canal que considera estar a ter "uma postura atentatória aos valores de respeito comercial e sã concorrência de mercado". Além disso, a operadora considera que as condições apresentada são "desleais, desadequadas e desajustadas face à realidade do mercado. A mais grave, no entender da NOWO, foi a apresentação por parte da Sport TV de um novo contrato com um custo 15% superior ao praticado até então", acrescenta. 

A operadora considera ainda um "comportamento reprovável" o facto de, "apesar da subida do custo que a Sport TV agora pretende impor à NOWO e aos outros operadores, a mesma decida manter os custos de subscrição junto dos seus clientes". 

"A NOWO acionará os meios que considerar necessários para salvaguardar os interesses dos seus clientes", conclui. 

Sport TV diz haver dívidas antigas

Do lado da estação de televisão, e em resposta ao comunicado da Nowo, a estação diz que se viu "forçada a interromper os seus serviços ao seu parceiro Nowo, por falta de acordo entre as partes", acrescentando que o acordo de distribuição do canal terminou "em julho de 2018". "Apesar das negociações para renovação entre as duas entidades terem sido iniciadas seis meses antes (fevereiro do corrente ano), não foi possível até julho chegar a novo acordo. 

O comunicado da estação desportiva é também perentório: "Após o término do contrato em julho de 2018 e da elevada dívida vencida que a Nowo tinha já nessa data perante a empresa, e que continua por liquidar, a Sport TV acedeu ainda assim em manter o serviço, desde 1 de agosto até dia 8 de novembro, no sentido de não prejudicar os clientes Sport TV que acedem aos seus canais através deste operador, e, simultaneamente, preservar a relação de parceria entre ambos". No entanto, a Nowo não terá feiro "qualquer pagamento" da "dívida referente ao contrato antigo e já terminado" ou mesmo "dos serviços posteriores prestados até 8 de novembro de 2018". A estação denuncia ainda que, "durante todo o período em dívida, a Nowo continuou a cobrar aos seus clientes os serviços da Sport TV". 

Apesar da estação dizer-se "empenhada" em restabelecer o serviço aos clientes da operadora, isso só acontecerá se a Nowo pretender "ultrapassar a atual situação". 

Pplware/Direitos Reservados

Canais suspensos? Pagamentos em falta? Não é a primeira vez!

Apesar do mercado estar bastante diferente, a Nowo/Cabovisão já têm historial em matéria de canais suspensos por alegadas falhas nos pagamentos.

Em julho de 2012, vários problemas no pagamento aos fornecedores de conteúdos levou a MTV a cortar o sinal da MTV Portugal e da VH1. Uns dias mais tarde, foi a vez da Sony cortar o sinal de todos os canais AXN. A produtora alegava "incumprimento contratual". 

Em setembro do mesmo ano , a operadora vê os canais para adultos HOT, Penthouse HD e Penthouse HD 1 também serem cortados. Correio da Manhã avançava, na altura, que a saída da grelha era motivada pela falta de pagamento de uma dívida de mais de um ano com um valor superior a 50 mil euros. 

Ainda no mesmo ano, em outubro, foi a vez dos Luxe TV HD, Trace Urban e Travel Channel também serem suspensos. 

Grande parte das situações foram resolvidas e os canais foram reintegrados na grelha. 

Em 2014, novo caso de suspensão. O Porto Canal sai da grelha sem aviso. A operada alegava "motivos contratuais" para a saída do canal mas o mesmo voltou mais tarde a ser reintegrado. 

Já este ano, a Altice (dona da MEO) intentou um processo de insolvência à ONI, empresa do grupo Nowo. Em causa estava, segundo o que o jornal digital Eco avançava em setembrouma dívida de mais de seis milhões de euros. O acordo entre as duas operadoras deu-se há cerca de três dias quando a Oni aceitou pagar mais de metade da dívida e desenhar um plano para pagar o restante. Em troca, a Altice retirou o processo de insolvência. 

Mercado está ao rubro 

Esta jogada por parte da Sport TV, que, aliás, é detida pela Olivedesportos e pelas operadoras MEONOSVodafone (todos com 25%), surge num momento em que a operadora regional negoceia a disponibilização dos canais da Eleven Sports nos outros operadores. 

Aliás, segundo o Eco, a decisão está a ser interpretada como uma "tentativa de incluir os canais da concorrente Eleven Sports na grelha das três principais operadoras". Recorde-se que a Eleven Sports detém os direitos da Liga dos Campeões em Portugal. A competição já está na quarta jornada da fase de grupos e os canais da estação também apelidada, muitas vezes, de "Netflix do desporto" ainda são um exclusivo da Nowo

Jorge Pavão de Sousa, diretor-geral da Eleven Sports Portugal dizia, em outubro que aconteciam "avanços e recuos" nas negociações por parte das operadoras. "Há grandes avanços um ou dois dias antes dos jogos da Liga dos Campeões, e depois, uma hora e meia antes de o jogo iniciar-se, ou após a conclusão do jogo, parece que há um "back off" do lado das operadoras". 

Entretanto, também em outubro, o ECO avançou que a Nowo ia ser vendida ao fundo americano KKR. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
wook é uma oferta?