Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

porque tudo acontece...

a tocar agora:

vídeo

08.06.21

Octávio Ribeiro sai da Cofina

Jornalista deixa grupo ao fim de vinte anos.


por Redação o largo.

David Martins/Correio Da Manhã

 

Foi fundador da CMTV mas está de saída do grupo Cofina. O jornalista Octávio Ribeiro, atual publisher do grupo de media e diretor-geral editorial do Correio da Manhã e da CMTV, vai abandonar a empresa ao fim de mais de vinte anos. A notícia foi avançada pelo jornal digital Eco e, entretanto, confirmada pelo grupo instalado na Rua Luciana Stegagno Picchio.

Trata-se de uma reorganização da estrutura editorial, a que se junta a vontade do atual publisher se dedicar a projetos pessoais fora do setor dos media. Em comunicado citado por vários órgãos de comunicação social, o grupo justifica a alteração com "o contexto que os media atravessam". "A Cofina passará a contar com responsáveis editoriais por marcas, televisão e Correio da Manhã por um lado, e os restantes títulos por outro. No entender da empresa, esta reorganização otimiza o seu segmento de televisão, tendo agregado o principal título do grupo, e reforça a identidade própria dos restantes segmentos de media, sem, contudo, deixar de obter as sinergias de grupo", justifica a Cofina, acrescentando que função de publisher ser, desta forma, "extinta".

Para o lugar de Ribeiro, sobe Carlos Rodrigues: o até aqui diretor executivo do CM e da CMTV assume o cargo de diretor do jornal e da estação de televisão do grupo.

O presidente executivo da Cofina, Paulo Fernandes, em comunicado, destacou a "ousadia, empenho e focado no desenvolvimento de um grupo de media independente, com um posicionamento sempre claro em favor do leitor e do espetador, a quem estaremos sempre agradecidos". Por seu turno, Ribeiro considerou "ter dado o melhor que consegui. Mas a vida é feita de etapas, e saio com o sentimento de que as equipas da Cofina continuarão empenhadas, diariamente, a cumprir cada vez melhor a sua missão". Além disso, classificou a Cofina como "uma casa de liberdade e de responsabilidade” e que é “o melhor local para se ser jornalista em Portugal, sem condicionalismos, sem receios, com ousadia e vontade de a cada dia contribuir para um Portugal melhor".

Com 60 anos, Octávio Ribeiro passou por várias redações, desde a Rádio Renascença à revista Notícias Magazine. Esteve na TVI desde a sua fundação até 2002 para integrar o CM. Em 2007, tornou-se diretor do matutino, levando-o à liderança. A 01 de junho, nota o Eco, o jornal anunciava uma quota de mercado de 62,3%.

publicidade

encontrou um erro? proponha uma correção ou, simplesmente, fale connosco:
webmaster@olargo.pt
estamos no facebook, no twitter e no instagram.
escute a emissão d'torna-se nosso patrono.