Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

porque tudo acontece...

a tocar agora:

vídeo

08.10.18

Morreu a fadista Mariema


por Redação o largo.

Blogue a.b.r.i.l.


A atriz Mariema morreu na noite deste domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa. A informação foi avançada pela Agência Lusa que cita fonte da Casa do Artista. 


Nascida em Lisboa, Mariema imortalizou o tema "O Fado Mora Em Lisboa", no EP com o mesmo nome, editado em 1965 pela Parlophone. O EP incluía também "Marujinho", "Dizem" e "Anda Lisboa". Editou também os EP "Alfacinha Da Gema" (1967, Parlophone), "Fado Sem Pieguice" (s/d, Parlophone) e "Tenho Ciúmes Do Fado" (s/d, Parlophone). 



Estreia-se em 1964 no Parque Mayer na revista "É regar e pôr ao luar". Recentemente, no teatro, participou nos musicais "Amália" e "My Fair Lady", ambos produzidos por Filipe La Féria. A sua última participação no teatro foi na peça "As Três (Velhas) Irmãs", adaptado de Tchekhov e com encenação de Martim Pedroso, no Teatro Nacional D.Maria II, em Lisboa


Na televisão e no cinema, também participou em diversas produções como "Conta-me Como Foi" onde encarnou o papel de Menina Emília (atualmente em reposição na RTP Memória) ou em Grande Noite (RTP) e nos filmes "Refrigerantes e Canções de Amor" (Luís Galvão Teles) ou "Os Gatos Não Têm Vertigens" (António-Pedro Vasconcelos. 


Mariema não gostava de partilhar a data de nascimento.

publicidade

encontrou um erro? proponha uma correção ou, simplesmente, fale connosco:
webmaster@olargo.pt
estamos no facebook, no twitter e no instagram.
escute a emissão d'torna-se nosso patrono.