Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

porque tudo acontece...

a tocar agora:

vídeo

05.05.20

Mistaker Maker faz curadoria de artes visuais e plásticas para “Rewind”


por Redação o largo.

Divulgação


A ser lançada no Dia da Europa, 9 de maio, “REWIND” é uma iniciativa de partilha de obras inéditas, nas áreas da música e artes visuais e plásticas, nas plataformas digitais do Parlamento Europeu em Portugal, com a curadoria da JVS Booking e da Mistaker Maker, respetivamente.


No momento em que as restrições de circulação começam a ser levantadas em Portugal, “REWIND” não representa "uma regressão, mas um sinónimo de um novo começo e de uma nova esperança para o futuro ainda incerto", explica o comunicado enviado às redações.


"REWIND" é uma proposta artística que engloba um conjunto de atividades culturais inéditas que visam transmitir uma mensagem de solidariedade, coesão, cooperação e resiliência face ao período difícil que atravessamos.


Através do seu aspecto multidisciplinar e da diversidade de estilos, línguas, culturas e até origens étnicas dos artistas, realça a a diversidade que caracteriza a União Europeia e que pode ser encontrada também na criação cultural e artística em Portugal.


"Unidos na diversidade" é o mote para as várias manifestações artísticas que representam criações encomendadas ou adaptadas exclusivamente para esta ocasião. Nestas obras está espelhado o resultado do trabalho de mais de 100 pessoas - artistas, técnicos e outros elementos da sociedade civil - que, embora separadas em espaços físicos distintos, conseguem criar um objecto comum através da colaboração.


O convite à Mistaker Maker chegou ainda em abril, por parte do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal (sediado em Lisboa), para desenhar uma acção artística/cultural que pudesse fazer parte deste projeto e assinalar não só a diversidade que existe nas artes plásticas e visuais em Portugal, como também o Dia da Europa.


Curadoria Mistaker Maker para o “REWIND” nas artes plásticas e visuais:


Urge reter este momento ímpar e sem precedentes que estamos a viver e a exposição colectiva online “REWIND" apresenta-se como resultado do desafio lançado a um grupo de reconhecidos artistas portugueses, de criarem obras inéditas, no seu contexto particular de confinamento e com recursos naturalmente limitados*, que se debruçassem sobre as questões, os padrões, as alterações e as esperanças que este tempo de confinamento e condição individual, europeia e global, instigam.


±MaisMenos±, Aheneah, Catarina Glam, Mantraste, Pantónio, Raquel Belli, Tamara Alves, The Empty Belly e Tiago Galo, compõem o grupo que exala uma diversidade plena: de estéticas, de técnicas, de processos, de formações, de vivências, de género, de gerações e de geografias. Uma diversidade, que encontra paralelo na própria pluralidade europeia que se celebra com “REWIND”, um termo que nunca deverá ser compreendido como um retrocesso ou regressão.


[slideshow]https://fotos.web.sapo.io/i/Bab1803fd/21798191_58GjE.jpeg,https://fotos.web.sapo.io/i/B2d18cd57/21798193_EkMFr.jpeg,https://fotos.web.sapo.io/i/Bdd17fdb9/21798194_8mdVk.jpeg[/slideshow]


Lara Seixo Rodrigues, responsável pela Mistaker Maker e curadora deste projeto, diz-nos precisamente que "o conjunto de peças que aqui se apresentam, falam-nos de novos ciclos, de regressos, de recomeços e renascimentos, de velhos e novos tempos que se contam a diferentes velocidades, de toque, de tensões na proximidade, de sombras, de extremos, de inimigos invisíveis que reconciliam, de esperança e de paz.”


“REWIND” é o contributo de 9 vozes, 9 artistas, que no dia 9 de Maio de 2020 em que se celebra o Dia da Europa, se unem neste palco global que visa exaltar o todo que representa e se ambiciona no presente e futuro para a União Europeia: solidariedade, cooperação, coesão, respeito e resiliência. Toda a ação estará alojada nas redes do Parlamento Europeu em Portugal e no que se refere às artes visuais / plásticas, terá o seu próprio espaço no website e as obras produzidas pelos artistas serão colocadas à venda, como forma de apoio à sua atividade artística.  A exposição virtual encerra no dia 10 de junho, Dia de Portugal, fechando e celebrando este ciclo de reflexão sobre o nosso papel como indivíduos ativos e integrantes de um todo que funciona a diferentes escalas, europeia e nacional. Será também realizada uma visita guiada virtual pelas obras artísticas, apresentada por Lara Seixo Rodrigues no dia 9 de maio pelas 18H00.


* todas as obras foram realizadas durante o Estado de Emergência Nacional (Abril de 2020).


Este projeto conta também com a programação musical a cargo da JVS Booking, com artistas convidados como Bruno Pernadas, Selma Uamusse + Gospel Collective, Rádio Batida e atividades de leituras e depoimentos.

publicidade

encontrou um erro? proponha uma correção ou, simplesmente, fale connosco:
webmaster@olargo.pt
estamos no facebook, no twitter e no instagram.
escute a emissão d'torna-se nosso patrono.