Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

13.10.17

“La Lys 1917-1918” vai ser apresentado no Museu de Lamego


helena margarida

Divulgação

 

Numa altura em que assinala os cem anos o Museu de Lamego tem desenvolvido várias atividades culturais para assinalar a data. Neste sentido, apresenta no próximo dia 28 de outubro, pelas 15h30, o livro “La Lys 1917-1918” da autoria de Miguel Nunes Ramalho.

A obra pretende ser um contributo para preencher o vazio da historiografia acerca da intervenção de Portugal na Grande Guerra, assim como possibilitar uma reinterpretação do que se passou na batalha de La Lys em abril de 1918.

São 450 páginas de história onde o autor apresenta como caso de estudo a batalha de La Lys, mais exatamente o dia 9 de abril de 1918, no seio do batalhão de infantaria 13 de Vila Real, onde os protagonistas foram o 2º comandante major Gustavo de Andrade Pissarra, o capitão Bento Esteves Roma e o capitão David Magno.

“La Lys 1917-1918” traz a público as divisões da instituição militar portuguesa, a partir da célebre batalha em que David Magno tem um desempenho extraordinário, mas onde acaba por ser oficialmente acusado de cobardia.

Toda a obra converge para a desconstrução de mitos, numa abordagem que tem no antes, no durante e no depois da batalha La Lys um caso exemplar das divisões entre militares e onde a ação de David Magno, tido como um líder nato, serve de mote para toda a investigação.

A apresentação pública de “La Lys 1917-1918. Capitães Bento Roma e Davis Magno. Mito e Realidade. As Divisões na Instituição Militar Portuguesa”, a cargo de Coronel Nuno Lemos Pires e Dr. Joaquim Melo, será ainda acompanhada de um concerto de piano por Joana Barradas e pelo Coral da Universidade Sénior Jerónimo Cardoso.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
wook é uma oferta?