Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

porque tudo acontece...

a tocar agora:

vídeo

15.01.20

Espaço Miguel Torga evoca escritor


por Redação o largo.

Divulgação


O Espaço Miguel Torga, em São Martinho de Anta, e o município de Sabrosa apresentam em 2020, um programa especial de eventos de evocação a Miguel Torga.


Na próxima sexta-feira, 17 de janeiro, acontece a Sessão evocativa do 25.º aniversário do falecimento de Miguel Torga com uma romagem às 17h00 à campa do escritor, no Cemitério de São Martinho. Às 18h00 será projectado o filme “Milagre”, de Sinde Filipe, baseado no conto de Miguel Torga e às 21h30 o actor António Capelo dará voz ao recital de poesia “Uma noite com a palavra dos poetas”.


Torga nasceu em São Martinho da Anta, Trás-os-Montes, em 12 de Agosto de 1907 com o nome Adolfo Correia da Rocha. Frequentou um seminário mas a falta de vocação e o desacordo com Deus levaram-no para o Brasil onde trabalhou na roça de um tio. Este, como recompensa, pagou-lhe o curso de medicina em Coimbra e, foi entre a medicina e a literatura que, Adolfo Correia da Rocha dividiu a sua vida.


Adoptou o pseudónimo Miguel Torga em 1934 criando uma ligação profunda entre a sua personalidade e a sua produção literária. “Miguel”, nome de arcanjo, mas também de Ângelo, Cervantes e Unamuno, humanistas por quem tinha reverência e com quem se identificava pela independência e inconformismo. “Torga”, uma urze, uma raiz que sobrevive e contribui para a sobrevivência das gentes nas serras transmontanas, geografias que ele tanto gostava e onde sempre regressou.


Escreveu poesia, teatro e romance. Foi crítico do Estado Novo, pagando pela sua rebeldia com a prisão e vendo os seus livros visados pela censura. Foi nomeado para o Prémio Nobel da Literatura, morreu em 17 de Janeiro de 1995.

publicidade

encontrou um erro? proponha uma correção ou, simplesmente, fale connosco:
webmaster@olargo.pt
estamos no facebook, no twitter e no instagram.
escute a emissão d'torna-se nosso patrono.