Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

08.04.18

“Caminhos do Ferro” para descobrir em Vila Nova da Barquinha de 13 a 15 de abril


helena margarida

Divulgação

O concelho de Vila Nova da Barquinha vai acolher, entre 13 e 15 de abril, os "Caminhos do Ferro", uma ação de programação cultural em rede que integra o projeto "Caminhos" promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e cofinanciado pela União Europeia (PT2020 e CENTRO2020). Todas as atividades têm entrada livre.

Município de Vila Nova da Barquinha

No primeiro dia o Teatro sai à rua acompanhado do Circo e vão à Escola D. Maria II apresentar Dragonologia, uma criatura de outros mundos, que percorre as ruas da região em busca de novas experiências. “Tiro”, um dragão com três metros de comprimento, ainda está a crescer e só quer conhecer novas pessoas e vilas e cidades, acompanhado do seu dono, “Liro”. Ao contrário de outros dragões, “Tiro” é inofensivo e caminha connosco apenas em busca de afetos. Uma criação da Companhia Projeto EZ que funde a cenografia e o teatro através dos veículos únicos criados por João Pinto.

Município de Vila Nova da Barquinha

À noite é no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha que “Irakurriz Shakti Olaizola” se dá a conhecer. Ficamos imersos no peculiar mundo feminino através de Shakti Olaizola e o seu “Irakurriz. Ela traz os seus livros, como que os diferentes capítulos de uma história cheia de memórias, descobertas, reações, sonhos… Brinca com situações e objetos do seu dia-a-dia, descobrindo as suas memórias e partilhando com o público. Ações diárias e objetos transformam-se num espetáculo, desafiando o movimento, a voz, o equilíbrio, a dança e a contorção. Como irá terminar esta viagem? O silêncio de quem observa o seu mundo instala-se desde o início do espetáculo.

Direitos Reservados

No dia seguinte, 14 de abril a música de Pedro Jóia invade a Igreja matriz da Atalaia, às 22h00. Observar Pedro Jóia e a sua guitarra é vislumbrar um único corpo. Nada é mecânico, nada é robotizado, tudo é intimidade. A ausência de olhar, as pálpebras fechadas que comunicam o caminho para a fusão do músico com o instrumento é uma voraz imagem que nos assalta sobre um fundo preto em que todas as cores do cancioneiro português dançam ao som de outros dois corpos humanos de acordeão e baixo vestidos. Uma viagem pelo fado, o flamenco, o Brasil e o jazz pelas mãos e pálpebras de um dos maiores nomes da guitarra em Portugal.

Direitos Reservados

Para o dia 15 de abril está marcado para a Igreja Matriz de Tancos, às 18h00, o concerto dos “Sopa de Pedra”. Em terra de amantes da música tradicional portuguesa, Barquinha, o grupo vocal feminino vai deixar a sua marca com um fim de tarde de celebração da identidade lusa… com viagens por outros países como Israel ou Espanha. Tal como no conto popular da Sopa de Pedra, a criação musical começa com uma base simples - uma pedra, uma tradição, uma melodia, um cantar - a que, ao longo do tempo, se vão adicionando novas facetas e novas vozes até surgir uma harmonia viva que, de cada vez que se canta, ou de cada vez que se junta um amigo, se reinventa.

Direitos Reservados

Ao longo dos três dias de “Caminhos do Ferro” Lara Soares desenha “Percursos Artísticos” no exterior do Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha. Doutoranda em Educação artística e Mestre em Prática e Teoria do Desenho na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, a artista, que se licenciou em Artes Visuais na Escola de Artes de Caldas da Rainha, tem colaborado com diferentes estruturas da arte contemporânea. Na área da criação realizou várias exposições, apresentações e comunicações sobre o seu processo criativo em Desenho e performatividade. Em 2010 foi convidada para o programa de artistas em residência na Faculdade de Belas Artes do Porto e para a Universidade Det Tverrfaglige Kunstintutt I boerum em Oslo, Noruega. Integrou a equipa da Guimarães Capital da Cultura e continua como membro da equipa de serviço educativo do Centro Cultural Vila Flor.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
wook é uma oferta?