Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

onde tudo se ouve...

sobre | programação | spotify

em direto estamos no ar... em emissões experimentais

21.01.20

Autora brasileira diz que novela da TVI é plágio

"A Única Mulher" foi emitida em 2015 na estação de Queluz de Baixo


Bruno Micael Fernandes

Plural Entertainment/Divulgação

A Plural Entertainment e José Eduardo Moniz estão a ser acusados de plágio: em causa, a novela da TVI  "A Única Mulher", emitida entre 2015 e 2017 e com mais de 550 episódios. 

Segundo refere o jornal Correio da Manhã, a autora brasileira Marisa Medeiros fez uma queixa-crime contra a produtora do grupo Media Capital e o consultor para a ficção de Queluz de Baixo, indicando que o argumento da novela, com três temporadas, "é uma cópia quase integral" de um argumento escrito por Medeiros sob o título "A Sete Chaves" e que foi registado em Portugal. A autora alega que o argumento foi entregue para análise à produtora Até Ao Fim do Mundo, que também é alvo da queixa-crime. 

Contactados pelo matutino, fonte da Plural Entertainment  referiu que ainda não foi notificada da queixa de Medeiros. Já José Eduardo Moniz garantiu que vai processar Marisa Medeiros pela acusação. O consultor diz não admitir que "ninguém ponha em causa a minha honestidade e respeito pelo trabalho intelectual". 

Marisa Medeiros é natural de São Paulo, no Brasil. Além de escritora, é também encenadora e guionista. É autora de livros como "Depois do Naufrágio" e "Na Contramão". 

detetaste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
escuta o largo.fm e torna-te patrono.