Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

porque tudo acontece...

a tocar agora:

vídeo

28.03.19

António Lobo Antunes termina colaboração com a "Visão"


por Redação o largo.

Georges Seguin (Okki) (CC BY-SA 3.0)


O escritor António Lobo Antunes "bateu com a porta" com a "Visão".


O fim da parceria de 19 anos com a revista do grupo "Trust In News" aconteceu com estrondo: Lobo Antunes processou a revista por uso de imagem sem autorização, exige centenas de milhares de euros e acusa a direção da revista de "prepotência". 


Numa entrevista à revista Sábado, o escritor diz que se passaram "coisas de não gostei" numa relação que "não era agradável. Resolvi romper o vínculo com eles", indica. 


As "coisas" que "foram acontecendo ao longo do tempo" foram sempre num crescendo. Tudo começou com as ilustrações que acompanhavam as crónicas de Lobo Antunes. Os "bonecos" não eram gosto do escritor: "eram muito fraquinhos e pedi para mudarem. Disseram que não porque ia encarecer". 


Depois, foi um evento para o qual ele era interveniente... mas não tinha sido convidado. "Não me tinham dito nada nem pedido autorização. Evidentemente disse que não ia. Nem sequer me pediram desculpa". 



Não me dá prazer nenhum, é um sacrifício muito grande (escrever crónicas)!


António Lobo Antunes in Sábado, 28/03/2019


Mas a gota de água aconteceu há cerca de um mês quando a imagem do escritor foi usada numa fotomontagem para uma campanha de promoção da revista. Designada por Lobo Antunes como "o episódio das sacolas", o escritor referiu que a "Visão" queria "que eu tirasse uma fotografia para essa campanha, eu disse que não tirava fotografia nenhuma e não aceitava. Mas fizeram. Achei isto intolerável. Fizeram uma montagem de uma fotografia em que me põem com o saquinho ao ombro e a dizer ‘o António não-sei-o-quê’. Isto é profundamente ilegal", refere. 


António Lobo Antunes considera este facto como "falta de respeito" e de "prepotência. É evidente que eu não ia participar em nenhuma campanha de publicidade. Nunca o fiz na minha vida", diz. 


O próximo passo foi processar a revista  em "milhares de euros". Lobo Antunes garante que vai dar a indmnização ao serviço de oncologia do Hospital Santa Maria, em Lisboa. "Vai fazer muito jeito aos doentes", diz, acrscentando que o objetivo não é ganhar dinheiro ("Não ficarei com um tostão. O dinheiro será entregue religiosamente!") mas sim que "estes senhores aprendam a lição". 


Questionado se sentirá falta de escrever crónicas, o escritor é perentório: "Nenhuma. Não me dá prazer nenhum. É um sacrifício muito grande". 

publicidade

encontrou um erro? proponha uma correção ou, simplesmente, fale connosco:
webmaster@olargo.pt
estamos no facebook, no twitter e no instagram.
escute a emissão d'torna-se nosso patrono.