Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o largo.

onde tudo acontece...

27.03.18

Angelus TV está em risco de fechar


Bruno Fernandes

Divulgação

 

30 mil euros. É este o valor que a Angelus TV precisa para se manter no ar. O canal privado de cariz católico está com problemas de financiamento e pode encerrar já a 15 de abril. Com salários em atraso desde novembro, o canal pede "orações e doações". 

Sandra Dias, diretora da Angelus TV, revelou à Agência Lusa que o projeto foi desenvolvido para ser suportado por publicidade. No entanto, o canal esbarrou com diversos problemas: "muitos empresários não querem associar o seu produto a um canal católico, com receio de estarem a limitar os clientes. Esquecem-se que o católico também come, compra casa e tem as mesmas necessidades que qualquer pessoa", diz Sandra Dias.

Esbarrando nas reticências dos empresários, o canl foi "bater às portas das 4397 paróquias de Portugal" e ás congregações, pedindo apoios. "As respostas foram idênticas, ao referirem que não tinham condições e que já tinham os seus apoios atribuídos", refere a responsável. 

A responsável adianta que recebe apoios "pontuais" da Igreja Católica, mas não chega: são necessários, pelo menos 30 mil euros mensais para manter o canal no ar: "O ideal seriam os 50 mil euros, mas com 30 mil euros já teremos manobra para negociar", diz Sandra Dias

Há salários em atraso

A urgência para aumentar a sustentabilidade do canal acontece num momento em que os colaboradores afetos à Angelus TV têm salários em atraso desde novembro de 2017. 

Para que a situação se possa inverter, a equipa do canal está a pedir aos espetadores que se tornem "padrinhos" ou "madrinhas" dos vários programas da estação de televisão. Desde sábado às 18h30, que mais de 100 pessoas inscritas com diferentes valores doados. "Se três mil pessoas derem dez euros vamos conseguir manter o canal e fazê-lo crescer. Ser padrinho ou madrinha é isso mesmo: ajudar o afilhado a caminhar no seu crescimento cristão", reforça a responsável. Não há uma obrigatoriedade dos valores: "Cada um dá o que pode". 

Segundo Sandra Dias, o canal tem uma audiência média diária de 50 mil espetadores. "Este é um canal generalista. A nossa programação procura ser diversificada e destina-se desde as crianças – com os desenhos animados – aos mais velhos, passando pelos jovens. Curiosamente, os nossos principais telespectadores têm entre 25 e 65 anos, logo são pessoas ativas, na sua maioria mulheres", sustenta a diretora. 

Toda as informações de como contribuir estão no site do canal

A Angelus TV é um projeto privado de televisão católica. Lançado a 2 de maio de 2017, representa um investimento de 800 mil euros, tendo, na altura, 20 funcionários a tempo inteiro. Em agosto de 2017, a administração mostrava interesse em querer integrar a rede TDT. O canal está presente nas operadores MEO, NOS e Vodafone. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade