Como escolher o melhor tipo de crédito para as tuas necessidades

Assentes em montantes de financiamento e prazos de reembolso alargados, taxas de juro competitivas e contratação simples e rápida, estas são os tipos de crédito ao consumo mais comuns em Portugal
Andrea Piacquadio/Pexels

Para diferentes necessidades, diferentes soluções. Este poderia ser o mantra do chamado crédito ao consumo que, sob a sua capa, abraça uma série de soluções de financiamento que se adequam às diferentes necessidades dos consumidores.

Tipos de crédito ao consumo mais comuns em Portugal

Assentes em montantes de financiamento e prazos de reembolso alargados, taxas de juro competitivas e contratação simples e rápida, estas são os tipos de crédito ao consumo mais comuns em Portugal com a ajuda do Credibom, instituição de crédito que oferece uma abrangente gama de soluções de financiamento aos consumidores portugueses:

Crédito simples

O crédito simples ou crédito pessoal simples é um tipo de empréstimo pessoal que se caracteriza por oferecer aos consumidores uma experiência de contratação e taxas de juro “light”  fixas ao longo do contrato, com montantes de financiamento que, no caso do Credibom, se situam entre os 3 mil euros e os 4900 euros, prazos de reembolso que vão dos 12 aos 60 meses, TAN desde 10,75% e TAEG desde 15,17%.

Esta “leveza” acaba por resultar em prestações mensais mais amigas da carteira e numa gestão financeira mais flexível.

Para além das mensalidades e taxas de juro fixas, na Credibom o processo de contratação é totalmente digital e ainda vem com isenção de comissões de abertura, seguro de crédito e flexibilidade na escolha da data de débito da prestação.

Em suma, o crédito simples é um tipo de empréstimo simples e rápido que tem um impacto muito reduzido nas nossas finanças pessoais e que nos permite desbloquear pequenas necessidades de financiamento.

Crédito pessoal

O “parente” mais velho do crédito simples é o nosso bem conhecido crédito pessoal sem finalidade.

Tal como o nome indica, este tipo de crédito pode ser utilizado em vários domínios (pagar propinas, comprar um carro, financiar um projeto profissional em nome individual, etc.) oferecendo, de permeio, montantes de financiamento que variam entre os 200 euros e os 75 mil euros, prazos de reembolso que vão dos 24 aos 84 meses e taxas de juro fixas ao longo de todo o contrato.

Como acontece com todos os créditos Credibom, esta solução de crédito pode ser contratada de forma 100% online e o prazo máximo de resposta ao pedido é de 24 horas. Em caso de resposta positiva à solicitação do consumidor, o dinheiro é transferido para a conta deste em 48 horas.

Crédito para obras

Quando o telhado começa a meter água e precisamos de o substituir ou queremos renovar a nossa casa, entra em campo o crédito para obras que, tal como o nome indica, está preparado para nos garantir o financiamento de que necessitamos para fazermos obras ou pequenas reparações em casa.

Na Credibom, este crédito para obras e pequenas reparações coloca à nossa disposição montantes de financiamento entre os 5 mil e 50 mil euros, prazos de reembolso de 24 a 84 meses, taxas (TAN) de 11,10% a 12,10% e isenção de comissão de abertura de contrato.

Nota: aprovação sujeita à apresentação do orçamento detalhado das obras a efetuar.

Crédito para férias

Quem procura um crédito fácil para que, depois de um ano de trabalho, se possa dedicar ao “dolce far niente” numa praia deserta ou num local culturalmente intenso, encontra no crédito para férias, uma modalidade de crédito com uma finalidade específica, um empréstimo simples e amigo da carteira.

Ajustado em termos de montantes, prazos e taxas de juro à finalidade “férias”, o crédito para férias é, sem dúvida, uma das opções de financiamento simples mais procuradas pelos portugueses.

No caso do crédito para férias do Credibom, esta solução oferece montantes que variam entre os 3 mil e os 10 mil euros, prazos de reembolso de 12 a 60 meses e taxas desde 10,75% para a TAN e 15,17% para a TAEG.

Crédito automóvel

Caso aquilo de que necessitamos seja um carro e não umas férias ou umas obras, o recomendado é recorrer a um crédito automóvel.

Criado com a função de garantir uma modalidade de crédito à medida de quem quer adquirir um carro novo ou usado, o crédito automóvel do Credibom oferece montantes que variam entre os 7500 euros e os 75 mil euros e prazos de 30 a 120 meses com TAN desde 6,00% e TAEG de 8,56%.

Nota: a viatura é registada em nosso nome e ainda vem com um seguro automóvel com a cobertura que mais nos convier.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Coimbra: Serenata Monumental cancelada

Artigo seguinte

Airplay40 Chart Rewind (25/05/2024)

Há muito mais para ler...