Plataforma Closum lança versão 2.0

A nova interface foi desenvolvida pela empresa bracarense e reflete o feedback dos utilizadores.
Closum
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 6 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

Novas funcionalidades com inteligência artificial e um novo design são as apostas da nova versão da plataforma de marketing digital Closum, que foi lançada no final da semana passada.

Segundo a nota enviada às redações pela empresa, a “Closum 2.0” é “mais clean e apelativa”: “Tudo foi pensado ao pormenor, mantendo a familiaridade, mas com os olhos no futuro e nas novidades que vamos lançar em 2024”, refere o CEO da Closum Vítor Brandão.

A nova interface foi desenvolvida internamente e reflete o feedback dos utilizadores, mas também a “cultura tecnológica” que existe na empresa bracarense: “Estamos sempre a evoluir e a oferecer as melhores soluções, evitando a sensação de um produto obsoleto como encontramos em muitas soluções do mercado”, frisa.

Além do novo design, a plataforma inclui ferramentas que já integram inteligência artificial, ajudando na criação das campanhas de marketing, além da criação de automações de marketing combinam email e SMS no mesmo processo. Estas automações permitem uma personalização extrema, combinando as variáveis dos contactos guardados em base de dados e obtendo, segundo a empresa, melhores resultados com as comunicações em escala. Além disso, a nova versão traz também uma API (sigla em inglês para “Application Programming Interface”, Interface de programação para aplicações) da plataforma com maior capacidade, que passa a permitir “envios até cinco vezes mais rápidos”.

A nova plataforma está disponível de forma gratuita até 31 de janeiro de 2024: “Esta é uma oferta que celebra o lançamento da Closum 2.0, mas também demonstra que somos os parceiros certos para melhorar a comunicação de empresas e entidades”, frisa Brandão.

Total
0
Partilhas
1 comentário

Os comentários encontram-se encerrados.

Artigo anterior

Crise na Global Media: Direções do Jornal de Notícias e O Jogo demitem-se em bloco

Artigo seguinte

Boas festas!

Há muito mais para ler...