“A Bela América” estreia nos cinemas

Filme é protagonizado por São José Correia e Estêvão Nunes.
NOS Audiovisuais
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 8 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

Ela é a candidata a presidente da República. Ele é um cozinho recém-despejado. Este é o ponto de partida do filme “A Bela América” que estreou esta quinta-feira nos cinemas portuguesas.

Realizado por António Ferreira, o filme conta com São José Correia e Estêvão Antunes nos principais papeis: “Lucas (Antunes) é um humilde e talentoso cozinheiro com um negócio próprio de entregas de refeições. Quando é despejado da casa onde vive com a mãe vai viver para um barraco sem condições e aí acaba por receber a visita de América (Correia), candidata a presidente da república, que assenta a sua campanha no apoio aos grupos sociais mais desfavorecidos”, refere a distribuidora NOS Audiovisuais. A partir daí, Lucas decide tentar entrar num mundo que que não é o dele. Encantado com a beleza de América, “Lucas decide entrar em casa de América e preparar-lhe, diariamente, pratos requintados para a impressionar. Há uma ligação intensa que se começa a criar, mas este é um amor utópico e todos os dias as diferenças entre o maravilhoso mundo da candidata e a dura vida do cozinheiro aumentam”.

Com a cidade de Coimbra em pano de fundo, o filme explora as “desigualdades sociais, e o poder da ambição da meritocracia na sociedade contemporânea”, ao mesmo tempo que se assume como uma “história de amor improvável e uma comédia dramática que promete confrontar o espetador com o dilema do destino”.

Além de Correia e Nunes, o elenco de “A Bela América” inclui Custódia Gallego, Carlos Areia, João Castro Gomes e Daniela Claro.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Na Turquia, há mais um festival cancelado devido à censura desenfreada

Artigo seguinte

Ana Moura reedita "Best Of" em vinil

Há muito mais para ler...