NETO Restaurantes abre quinta unidade no Porto

Novo restaurante mantém aposta do grupo no conceito de snack.
NETO Restaurantes
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 10 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

O grupo NETO Restaurantes já inaugurou o seu quinto restaurante. A cadeia de restaurantes oriunda de Vila Nova de Famalicão chega ao Porto, mantendo a principal atração do menu: a Francesinha.

“Queremos que se sintam em casa neste novo espaço”, frisa um dos CEO do Grupo Diogo Neto da Silva. Numa nota enviada à imprensa, o responsável salienta que o novo restaurante “continuar a oferecer a hospitalidade que todos os clientes NETO já conhecem”, acrescentando que a abertura do espaço “representa o nosso compromisso de levar as nossas especialidades até onde conseguirmos, mantendo a nossa identidade”. A cadeia abriu o primeiro restaurante em 2017 em Vila Nova de Famalicão, seguindo-se Matosinhos (2019), Santo Tirso (2021) e Paredes (2022). “É uma história que nos orgulha”, acrescenta.

O restaurante abriu na zona das Antas, na avenida de Fernão de Magalhães, e apresenta-se como sendo um espaço acolhedor e intimista, mas, ao mesmo tempo, dinâmico e “instagramável”: “Quisemos dar a este novo espaço um ambiente sofisticado, acolhedor e moderno, enquanto damos a cada cliente a liberdade para usufruir de todos os momentos, seja com amigos ou em família”, diz o CEO.

O menu mantém também a sua estrela, representando a manutenção da aposta do grupo no conceito de snack: a Francesinha Especial tem um custo de €12,90. “Era impossível não termos o prato que faz da NETO uma referência na região Norte”, sublinha Neto da Silva. Além da francesinha, o Cachorro à NETO (€12,90), a Hambúrguer à NETO (€10,30) ou, como sobremesa, o Crumble de Maçã (€4,30) também estão incluídos no menu.

Diogo Neto da Silva acredita que a expansão para uma nova cidade é algo positivo: “Para já, a expansão da marca NETO está a ser muito bem acolhida”. O novo espaço representa mais um marco, até porque “traz a alma de Famalicão à Invicta e isso, para nós, é um orgulho”.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

“Spoilers, por favor!”: Saber de antemão o final de um filme estraga a experiência?

Artigo seguinte

Será rir mesmo o melhor remédio?

Há muito mais para ler...