“Sons do Rio” regressa com Luís Trigacheiro e Dino d’Santiago

Município de Mora garante dois dias de música, num “ambiente naturalmente bonito e acolhedor”.
Município de Mora
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 8 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

A edição de 2023 do Festival “Sons do Rio” terá Luís Trigacheiro e Dino d’Santiago como cabeças de cartaz. Nas noites de 21 e 22 de julho, a música portuguesa irá alegrar o Parque Ecológico do Gameiro, em Cabeção, Mora.

Pedro Moura, um mestre de guitarra portuguesa, será o primeiro a entrar em palco, no dia 21, pelas 21h30. De seguida, pelas 22h30, atuará Luís Trigacheiro.

Já no dia 22, as atuações abrem com o Quarteto Transversal, às 21h30. A banda foi vencedora da edição de 2023 do Programa de Residências em Música de Câmara da Orquestra Sem Fronteiras. O último concerto tem início marcado para as 22h30, com Dino d´Santiago a encher o palco com uma “fusão de música eletrónica e sonoridades cabo-verdianas”.

O antigo Festival “Música no Rio – Os Outros Sons do Fluviário”, que a partir de agora assume um novo nome, é promovido pelo município de Mora. A entrada tem o custo de 2 euros.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Depois do motim, império de media de Prigozhin fecha portas

Artigo seguinte

Tondela: Parque Urbano ganha "Casinha de Leitura"

Há muito mais para ler...

Spelling error report

The following text will be sent to our editors: