SAPO fecha plataforma de vídeos para utilizadores

Conteúdos que não sejam de parceiros do portal serão eliminados.
SAPO/Divulgação
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 10 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

O portal português SAPO vai descontinuar o serviço SAPO Vídeos para utilizadores comuns e focar o serviço apenas para parceiros, apagando todo o acervo.

Num email formal enviado esta semana aos utilizadores, o portal de conteúdos do grupo Altice Portugal diz que é uma alteração do “âmbito e incidência deste serviço”, justificando a ação com as condições de utilização.

Apesar do registo de novas contas estar indisponível há alguns anos, os utilizadores atuais ainda podiam continuar a utilizar o serviço e enviar vídeos para a plataforma. Essa possibilidade cessa a partir de 17 de setembro, altura em que o SAPO Vídeos “deixará de permitir o upload de novos vídeos. Os vídeos deixarão de estar disponíveis no SAPO Vídeos a partir de 17 de setembro de 2023, sendo posteriormente apagados da plataforma”, acrescenta. Caso pretendam, os utilizadores podem obter uma cópia dos vídeos até 01 de outubro, altura em que os vídeos serão totalmente apagados.

Apresentado como sendo o YouTube português, o SAPO Vídeos foi lançado em 2006, numa altura de evolução do portal com o lançamento de outros serviços como o SAPO Messenger ou o SAPO Fotos. O serviço agrupava os conteúdos enviados pelos utilizadores e por parceiros como o Porto Canal, Notícias ao Minuto, Renascença, Rock In Rio, Santuário de Fátima, Canal Q ou CMTV. O serviço também estava integrado no serviço MEO Kanal.

Total
0
Partilhas
1 comentário

Os comentários encontram-se encerrados.

Artigo anterior

Marketing Agressivo 1 – 0 Sociedade

Artigo seguinte

Eurovision Show #209 (22/07/2023)

Há muito mais para ler...