Braga: Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva dedica eventos às rádios pirata

Atividades decorrem ao longo do mês de julho.
Muhammed ÖÇAL/Unsplash
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 11 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

O período das rádios pirata no distrito de Braga é o mote de duas das atividades inseridas no ciclo de conferências “Conhecer Braga, através das suas instituições, dos ilustres bracarenses e do seu património”.

Um dos eventos é uma exposição dedicada ao tema: “História das Rádios Piratas em Braga” é descrita pela Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga, como sendo uma “exposição documental, bibliográfica e tecnológica”. A exposição estará patente no Corredor central do rés-do-chão até dia 28 de julho.

O outro evento é a conferência “História das Rádios Piratas em Braga” e que contará com o empresário industrial Lima Duarte, a radialista Manuela Barros e o investigador Casimiro Pereira. O consultor Rui Ferreira, da “Ponto Braguez”, será o moderador. A conferência acontece no dia 13 de julho, a partir das 18h.

O período das rádios pirata no distrito de Braga chegou em 1985, com o lançamento da Rádio Baixo Minho, em 1985. Desse período, apenas se mantêm em funcionamento a Rádio Universidade do Minho e a Antena Minho.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

NorteShopping recebe carros de rali icónicos

Artigo seguinte

Jornal Setenta e Quatro corre o risco de encerrar

Há muito mais para ler...