TVI e Judite de Sousa chegam a acordo

Saída da jornalista aconteceu no verão de 2022.
Direitos reservados
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 1 ano, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

O grupo Media Capital chegou a acordo com Judite de Sousa, pondo fim ao conflito após a saída da jornalista no verão de 2022.

Num comunicado divulgado esta segunda-feira na emissão da CNN Portugal, no final do “Jornal da CNN” (programa, que, aliás, Sousa apresentava na estação em alternância com Júlio Magalhães), a administração do canal de Queluz de Baixo e a jornalista dizem que ficaram acertados “os termos pelos quais as partes resolvem qualquer perturbação que eventualmente pudesse vir a eclodir nas suas relações de modo imediato e completo”. O comunicado conjunto diz que ambos estão “de boa-fé na conclusão deste ciclo” e “lamentam qualquer involuntário transtorno, incómodo ou inconveniente que possa ter surgido no decurso do relacionamento que mantiveram”.

O comunicado será, no entanto, o único comentário público sobre o tema, não sendo divulgados quais os termos do acordo entre o grupo de media e a jornalista: “Só às partes diz respeito por ser do foro reservado e assim por estas ser querido”, frisa a nota.

Judite de Sousa foi uma das caras do arranque da CNN Portugal, tendo abandonado o projeto no verão de 2022, algo que causou polémica com o diretor de informação da TVI e da CNN Portugal Nuno Santos a referir que a empresa não tinha conhecimento da denúncia do contrato por parte da jornalista.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Tondela recria processo de cozedura da louça de Molelos

Artigo seguinte

Guimarães: programa "Excentricidade" promove ações culturais e comunitárias

Há muito mais para ler...