RT Balkan será o próximo alvo das sanções da UE

Projeto foi lançado no final do ano passado. Sérvia nunca aplicou quaisquer medidas contra a Rússia.
Benoît Prieur (CC-BY-SA)
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 1 ano, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

O serviço em língua sérvia da Russia Today (RT) está na mira da União Europeia (UE)para as próximas sanções contra a Rússia. O projeto RT Balkan, para já apenas em formato online, pode ser alvo de bloqueio.

Segundo noticia este domingo a Radio Free Europe (RFE/RL), que cita fontes diplomáticas, a Comissão Europeia está a preparar um novo pacote de sanções contra a Federação Russa, devido à invasão à Ucrânia, tendo já sido feita uma ronda pelos Estados-membros da UE com vista a definir quais as novas medidas a impor. Da lista preliminar, consta o “alargamento da lista de meios de comunicação social, cuja transmissão é proibida, incluindo a Russia Roday Balkan“. A proposta final será apresentada nas próximas semanas, mas o serviço para os Balcãs da RFE/RL acrescenta que os Estados-membros participaram no desenho da proposta e concordaram com ela de forma unanime.

Entre a candidatura à UE e os laços ortodoxos

Esta ação da UE estão a ser encaradas como sendo um “sistema” para impedir a Rússia de contornar as sanções impostas, introduzindo também medidas contra entidades ou pessoas em países que violem as sanções. Este “sistema” pode também ser aplicado à Sérvia, país que alberga a RT Balkan.

O projeto da estação detida pela Rússia surgiu em novembro de 2022, com intenções de se lançar como um canal de notícias 24 horas até 2024. Por altura do lançamento do projeto, o jornal digital independente The Moscow Times dizia que o novo órgão de comunicação social seria dirigido por Jelena Milincic, filha do editor da agência de notícias estatal russa Sputnik Ljubica Milincic. A jornalista era correspondente em Moscovo para a versão espanhola da RT e apresentava o programa “Propaganda” na estação NTV, controlada pelo estado russo.

Ora, o projeto em sérvio surge num momento em que a Federação Russa está com relações tensas com uma parte dos países do Ocidente e procura novos parceiros. A Sérvia parece ser o parceiro ideal, assistindo-se a uma aproximação entre os dois países, acomodando empresas e cidadãos russos e não aplicando qualquer sanção, enquanto se mantém como estado candidato à UE. Há ligações históricas e religiosas que justificam esta posição ambígua, havendo muitos russos que escolhem a Sérvia pela simpatia dos cidadãos e por partilharem da mesma religião. Com este cenário, não se surpreende que, em junho do ano passado, cerca de metade dos cidadãos sérvios acreditavam que a NATO era a responsável pela guerra na Ucrânia e que o político estrangeiro mais popular era… Vladimir Putin. Já em setembro de 2022, a consultora Ivana Stradner, da Fundação para a Defesa das Democracias, sediada em Washington, Estados Unidos da América, dizia ao The Moscow Times que a Rússia estava “a usar a Sérvia para fugir às sanções”.

Mas este pacote de sanções pode assim mudar as coisas, prevendo medidas para os países que não adotem as sanções. E, sendo a Sérvia candidata à adesão à UE, o país tem de seguir as orientações de Bruxelas ou poderá sujeitar-se a medidas de retaliação por parte da UE. Em julho, ainda o projeto da RT não tinha sido lançado, o porta-voz da Comissão Europeia para os negócios estrangeiros e políticas de segurança Peter Stan apelou a que o país cumprisse e implementasse as sanções. O apelo não teve efeitos, sendo que a Sérvia não aplicou qualquer medida restritiva contra a Rússia.

Detido e financiado diretamente pelo Estado russo através da agência Rossi Segodnya, a RT é um canal de notícias multilingue. Estava disponível em Portugal através MEONOS Portugal, NOWO e na Vodafone Portugal, sendo que nesta última era também transmitido o canal de documentários RT Documentary. As emissões foram suspensas no passado dia 02 de março de 2022, sendo também bloqueado o acesso ao site em espaço europeu. Em abril de 2023, a versão em árabe da RT foi também bloqueada.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Airplay40 Chart (23/04/2023

Artigo seguinte

Porque é que empresas de tecnologia não podem ignorar mais o seu papel na formação da política e da sociedade

Há muito mais para ler...