CNID considera “sem sentido” atitude de Cristiano Ronaldo de não responder a perguntas da CMTV

Episódio aconteceu na conferência de imprensa que antecedeu o jogo da seleção portuguesa frente ao Listenstaine.
Hossein Zohrevand/Tasnim News Agency (CC BY 4.0)
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 1 ano, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

A Associação de Jornalista de Desporto (CNID) condenou a posição assumida por Cristiano Ronaldo de não responder às perguntas do jornalista da CMTV e do jornal desportivo Record destacado para fazer a cobertura da conferência de imprensa de antecipação do encontro da seleção portuguesa frente à equipa do Listenstaine.

Num comunicado emitido esta sexta-feira, a associação considera que a “atitude” foi “incorreta e sem sentido”, frisando que “não é a primeira vez que isto acontece”: “Uma conferência de Imprensa é, por definição, aberta a todos os Jornalistas e em que todos podem ter oportunidade de fazer ao menos uma pergunta”, acrescenta.

Segundo o comunicado, terá sido a própria Federação Portuguesa de Futebol a informar o jornalista de que o jogador português não iria responder a questões dos dois meios de comunicação social do grupo Cofina.

Há muito tempo que a relação entre o jogador e o Correio da Manhã não é cordial, sendo que culminou com o momento em que, durante o estádio da seleção portuguesa em França no Europeu de 2016 e quando abordado por um jornalista do canal, o jogador arrancou o microfone e lançou-o para um lago.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Arcos de Valdevez: "Bois da Páscoa" estão de regresso

Artigo seguinte

IPCA assinala dia do Estudante com emissão experimental de televisão

Há muito mais para ler...