CMTV reforça distribuição internacional com diáspora como objetivo

Estação da Cofina celebrou um acordo de distribuição com empresa do grupo Canal+
CMTV reforça distribuição internacional com diáspora como objetivo
Divulgação
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

A CMTV assinou um novo acordo de distribuição com a empresa de gestão de direitos televisivos e de distribuição internacional Thema. O contrato entre a estação do grupo Cofina e a empresa do grupo francês Canal+ foi anunciado este sábado.

Numa nota publicada no site do jornal Correio da Manhã, Francisco Penim, responsável pela internacionalização da CMTV, afirma que “é uma enorme satisfação podermos estar junto destas novas comunidades que falam português. São pessoas que anseiam pela CMTV porque lhes é relevante“, afiança.

O acordo permitirá aumentar a cobertura do canal junto da diáspora, disponibilizando-o em mais operadores francófonos em territórios francófonos como a Bélgica, Luxemburgo, Suíça e França, onde recentemente a CMTV foi disponibilizada na operadora Free. Recorde-se que a CMTV está também disponível em Angola, Moçambique, Cabo Verde, Canadá e Estados Unidos da América.

A CMTV junta-se assim ao portfólio de canais cuja distribuição internacional é assegurada pela Thema. O catálogo inclui também A Bola TV e o Canal Q.

A empresa Thema é uma empresa do grupo de media Canal+, dedicando-se à distribuição de canais de televisão lineares e não lineares em diversos territórios, gerindo a disponibilização de mais de cento e oitenta canais em diversas geografias. A CMTV é um canal generalista de teor informativo do grupo Cofina, surgido em 2013. Atualmente, é o canal de cabo mais visto em Portugal.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior
Sátão: Escola Municipal de Teatro vai reabrir

Sátão: Escola Municipal de Teatro vai reabrir

Artigo seguinte
Vouzela inaugura Centro Interpretativo TEAR

Vouzela inaugura Centro Interpretativo TEAR

Há muito mais para ler...