Armanda Claro/Media Capital

Equipa da CNN Portugal agredida por apoiantes de Bolsonaro

Jornalista pensava que não haveria hostilidade por não estar ao serviço de órgãos de comunicação social brasileiros.
1 Partilhas
1
0
0

Uma equipa de reportagem da TVI e da CNN Portugal foi agredida esta sexta-feira em Brasília, Brasil, por apoiantes de Jair Bolsonaro.

Os profissionais estavam em reportagem e foram agredidos quando chegaram junto dum dos acampamentos de apoiantes do presidente brasileiro cessante: “Eu só fiz uma pergunta simples. “O que está a acontecer aqui? Podem-me explicar?”, contou o jornalista e comentador Nelson Garrone, durante uma intervenção em direto no noticiário “Agora CNN” da CNN Portugal, acrescentando que acreditava que, “como não estava ao serviço da imprensa brasileira, não haveria qualquer hostilidade”.

Garrone acrescentou que o atiraram ao chão, tendo feito um “pequeno corte” no braço. Além disso, os apoiantes terão arremessado água e uma pedra. O repórter de imagem e um assistente local foram também agredidos. Elementos do exército acabaram por proteger a equipa, tendo mesmo chegado a escoltar os três elementos até a um carro militar. Em declarações ao jornal brasileiro Estadão, Garrone acrescentou que “rolou gás pimenta” disparado pelo exército.

“Foi realmente um momento muito tenso”, sublinhou.

A agressão foi alvo de um grande destaque na CNN Brasil. Classificando as agressões como mais um “ataque à imprensa”, o debate incluiu um debate sobre a situação dos jornalistas durante o governo do Bolsonaro:

O jornalista Nelson Garrone foi destacado para cobrir a tomada de posse de Lula da Silva como presidente do Brasil, no próximo domingo. O presidente cessante Jair Bolsonaro perdeu a segunda volta das eleições realizadas no passado mês de outubro e não vai estar presente na cerimónia: segundo a imprensa, viajou para os Estados Unidos da América a conselho dos seus advogados.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

1 Partilhas
Há mais para ler...