vladans

Doze livros de ciência para o Natal

“Há nestes livros muita matéria tanto para informação sobre reflexão sobre grandes questões que nos preocupam.”
0 Partilhas
0
0
0

Com o Natal à porta, é tempo de sugerir livros de ciência para prendas de Natal. Escolhi uma dúzia doas obras mais recentes que saíram entre nós. A obra é a alfabética do apelido do autor.

  1. João Paulo André, Irmãs de Prometeu, A Química no Feminino, Gradiva, com minha revisão científica
    O autor, professor de Química na Universidade do Minho, depois do seu sucesso na mesma editora Poções e Paixões. Química e Ópera, faz uma interessantíssima digressão pela história das mulheres não só na Química como, mais em geral, na ciência.  Raramente reconhecidas, elas têm uma longa presença na história da ciência.
  2. Jorge Buescu, Amor, Matemática e Outros Portentos, Gradiva, com prefácio meu.
    Este é o sétimo livro do autor, professor de Matemática na Universidade de Lisboa, contendo interessantíssimas crónicas de Matemática na colecção «Ciência Aberta». Ele torna a matemática, ainda receada por muitos, ao alcance de todos.
  3. François de Closets, Corbeyran e Chabbert, As Guerras de Einstein, Gradiva, 2 vols.
    Esta é uma banda desenhada muito atraente que mostra os dois grandes conflitos armados da vida do sábio nascido na Alemanha e o modo como ele os viveu. Sendo a arte notável, a idoneidade histórica e científica está assegurada.
  4. Setz Stephens-Davidowitz, Não Confie nos Instintos, Actual (Almedina)
    O autor, formado em Filosofia e Economia, e ex-cientista de dados da Google, alerta-nos com numerosos exemplos para os perigos desta era da desinformação. E dá-nos dicas para não nos deixarmos enganar.
  5. Karl Deisseroth, Projeções. Uma História das Emoções Humanas, Relógio d’Água
    Obra de um norte-americano professor de Bioengenharia e Psiquiatria na Universidade de Stanford, transmite-nos em escrita sedutora, que faz lembrar o saudoso Oliver Sacks, alguns casos clínicos que indicam  a origem biológica de algumas doenças mentais
  6. Philip Lymbery, As Últimas Colheitas, Vogais (Penguin Randomhouse)
    O autor, professor da Universidade de Winchester e sobretudo  dirigente da ONG Compassion in World Farming explica como a «agricultura intensiva é uma ameaça tão grande como as alterações climáticas.» Aliás, as alterações climáticas são, em boa parte, devidas a formas de agronegócios que prejudicam sobremaneira a Natureza.
  7. Steven Koonin,  A Ciência do Clima. O que a ciência nos diz, o que não diz e o que isso interessa, Guerra & Paz, com minha revisão científica.
    Um físico que foi governante num dos mandatos do presidente Obama dá-nos a sua visão sobre a ciência por detrás das alterações climáticas, chamando a atenção para aspectos mais incertos e para as dificuldades que a ciência tem, por vezes, em ser bem compreendida pelo público.
  8. Nuno Maulide, Como Desvendar o Quebra-cabeças da Origem da Vida? 27 perguntas sobre a vida e o Universo que sempre quis fazer a um químico, Planeta.
    O químico português, que ensina na Universidade de Viena, depois do seu enorme sucesso  que foi Como se Transforma Ar em Pão?, saído na mesma editora, responde sabiamente a uma série de perguntas que qualquer um de nós pode fazer.
  9. Lee McIntyre, Como Falar com um Negacionista, Desassossego.
    Incluído na colecção «Eu amo a Ciência» este livro, de um investigador em Filosofia e História da Ciência da Universidade de Boston, ajuda a quem precise de se orientar nos labirintos do mundo de hoje, dominado pelas fake news e pelas teorias da conspiração.
  10. Desmond Morris, Observar. Encontros com humanos e outros animais, Arte e Ciência
    Esta é uma autobiografia do antropólogo britânico muito conhecido, hoje com 94 anos, que vendeu milhões de O Macaco Nu, para além de várias outras obras, que sai numa colecção da Universidade do Porto dirigida por Nuno Ferrand que publicou também uma autobiografia de Richard Dawkins. Morris ofereceu o seu espólio àquela universidade.
  11. Giorgio Parisi, A Minha História da Física. O voo dos estorninhos e outros sistemas complexos, Bertrand, com prefácio meu.
    O físico italiano que recebeu o Prémio Nobel da Física em 2021, especialista em problemas de complexidade, conta aqui de modo acessível alguns episódios da sua carreira (a começar pelo estudo do voo dos estorninhos), ao mesmo tempo que expõe de modo brilhante a natureza da ciência.
  12. Greta Thunberg (criado por). O Livro do Clima, Objectiva (Penguin Random House)
    A bem conhecida activista ambiental sueca não esteve na COP27 no Egipto, por já não acreditar nas negociações que decorrem sob a égide das Nações Unidas. Mas ajudou a preparar este livro, com um magnífico aspecto gráfico, que reúne um vasto leque de especialistas em vários temas relacionados com as alterações climáticas, que constituem o maior desafio do nosso tempo. Destaco entre os autores Naomi Orestes, Nicholas Stern e David Wallace-Wells.

Há nestes livros muita matéria tanto para informação sobre reflexão sobre grandes questões que nos preocupam. Sim, enfrentamos perigos, mas a nossa melhor arma continua a ser a ciência.  Boas leituras!


Este autor não escreve segundo as normas do Acordo Ortográfico de 1990.


Este texto é publicado n‘o largo. no âmbito do projeto “Cultura, Ciência e Tecnologia na Imprensa”, promovido pela Associação Portuguesa de Imprensa. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...