Empresário condenado por agressão a repórter de imagem

Caso remonta a 2021, após encontro entre o Moreirense FC e o FC Porto.
Media Capital/Divulgação
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

O empresário Pedro Pinho foi condenado esta terça-feira, devido a uma agressão do repórter de imagem da TVI Francisco Ferreira. O caso aconteceu em 2021, depois dum jogo entre o Moreirense FC e o FC Porto.

Segundo a CNN Portugal, Pinho foi condenado a dois anos de prisão, com pena suspensa por igual período, além de ter de indemnizar o jornalista. Esta pena junta-se ao castigo do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, que sancionou o empresário com quatro meses de suspensão e uma multa de três mil e seiscentos euros. No entanto, este castigo foi anulado pelo Tribunal Arbitral de Desporto, que entendeu que o empresário não estava registado como agente desportivo, retirando autoridade às entidades desportivas para o punirem.

Recorde-se que o empresário agrediu o jornalista na noite de 27 de abril de 2021, tendo agredido o profissional e dirigiu-lhe diversas ameaças e insultos.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

MEO adia (novamente) saída do Channel 1 Russia

Artigo seguinte

Jim Jefferies atua em Lisboa em 2023

Há muito mais para ler...