Palácio do Planalto (CC BY 2.0)

Bolsonaro diz que não fala “espanhol nem portunhol” a jornalista português

Pedro Sá Guerra, correspondente da RTP, fez uma pergunta ao atual presidente do Brasil numa conferência de imprensa após o debate da campanha eleitoral no país.
1 Partilhas
1
0
0

Era para ser uma simples conferência de imprensa. No entanto, rapidamente tornou-se um comício. O último frente-a-frente entre Jair Bolsonaro e Lula da Silva, candidatos da segunda volta das eleições à presidência do Brasil, que decorreu na noite de sexta para sábado, não terá corrido bem ao atual presidente. Na conferência de imprensa pós-debate, mostrou-se irritado com os jornalistas e não cumpriu as regras impostas pela Rede Globo. A conferência ficou ainda marcada pela (não) resposta a um jornalista da RTP.

“Você vai repetir e eu vou continuar não entendendo!” – Bolsonaro

A pergunta de Pedro Sá Guerra, correspondente da televisão pública portuguesa, era sobre a política externa brasileira, um tema algo difícil para Bolsonaro: “O senhor falou aqui que tem mantido um bom relacionamento com a comunidade internacional, mas o que é facto é que poucos são os presidentes da comunidade internacional, e sobretudo da Europa, que se têm referido ao Brasil. E quando se referem ao Brasil, referem-se com enorme preocupação em relação ao resultado destas eleições. Eu gostava de saber a sua opinião”.

Bolsonaro passou ao ataque:

Bolsonaro: Eu não entendi o que você falou….
Guerra: Não entendeu?
Bolsonaro: Se é que entendi…
Guerra: Se quiser, eu repito.
Bolsonaro: Você vai repetir e eu vou continuar não entendendo, ‘tá? É que não falo nem espanhol nem portunhol.
Guerra: Eu não falo portunhol!
Bolsonaro: Me desculpa aqui, mas eu não falo!

Mas Bolsonaro acabaria por responder ainda que indiretamente à questão, aludindo à reunião bilateral com o presidente dos Estados Unidos da América Joe Biden e a ligação com outros países: “O mundo árabe fala comigo”, assegura.

A conferência de imprensa terminou com Bolsonaro a abandonar o púlpito, depois de uma pergunta de um jornalista do jornal A Folha de São Paulo sobre uma notícia falsa citada pelo candidato durante o debate: “Você tem a moral para me chamar de mentiroso?”, disse ao jornalista, antes de se retirar o púlpito

O relacionamento de Bolsonaro com a imprensa sempre foi bastante tortuoso, criticando abertamente os media e os jornalistas quando as notícias não lhe são favoráveis e preferindo usar as redes sociais e meios de comunicação social que são mais próximos do atual governo. A segunda volta das eleições presidenciais acontece este domingo.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

1 Partilhas
Há mais para ler...