Divulgação

SkyShowtime chega a Portugal até 2023

Serviço vai ficar disponível em vinte países europeus
0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

O serviço que junta conteúdos da Universal, Dreamworks, Nicklodeon e Paramount já divulgou os planos para a sua expansão europeia: o SkyShowtime chega à Europa a 20 de setembro.

O arranque da plataforma de conteúdos ondemand acontece inicialmente na Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia. Os Países Baixos também receberão a plataforma até ao final do ano.

Plataforma estará acessível em vinte países em dezoito idiomas

A data de lançamento foi divulgada esta segunda-feira. O serviço, que é o resultado de uma parceria entre a Comcast, que detém a NBC Universal e a Sky, e a Paramount, chega aos países nórdicos com mensalidades similares a outras plataformas de streaming: a título de exemplo, na Finlândia, a mensalidade do novo serviço será de 6,99€.

A SkyShowtime vai substituir a plataforma Paramount+, estando disponível através de subscrição direta no site ou através de vários operadores locais. Baseada na plataforma Peacok, apenas disponível nos Estados Unidos da América, o serviço foi “criado especificamente para a Europa e é dedicado a estes mercados”, mantendo “escritórios regionais ao longo de todos os territórios”.

Quanto ao conteúdo, a plataforma trará “o melhor entretenimento dos maiores estúdios e storytellers do mundo. Com milhares de horas de entretenimento de qualidade para toda a família, o serviço será a casa duma vasta seleção das séries e filmes mais aguardados do mundo”, refere o serviço em comunicado. Os conteúdos estarão disponíveis no serviço após o seu lançamento em cinema e para o mercado doméstico. A par de filmes e séries como Top Gun Maverick”, “Minimos: As Ascensão de Gru”, “Dexter: New Blood”, “The Offer”, “Downton Abbey: Uma Nova Era” ou “Cantar! 2”, a plataforma vai também disponibilizar conteúdos dedicados a cada mercado: “A SkyShowtime vai contar com programação original local, documentários e especiais oriundos dos seus mercados”, promete.

A promessa é de que o serviço ficará disponível em vinte países, atingindo noventa milhões de lares e disponibilizando conteúdos em dezoito idiomas. A Península Ibérica será o mercado que receberá a plataforma, logo a seguir aos Países Baixos: “A SkyShowtime continuará o seu lançamento em Espanha, Portugal, Andorra e Europa Central e Oriental nos próximos meses e até ao 1º trimestre de 2023″, acrescenta o comunicado, não se comprometendo, no entanto com datas específicas.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...