Graça Morais vai ser Doutora Honoris Causa

UTAD distingue pintora portuguesa pelo “enorme prestígio” e “expressão universal da sua obra”.
Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro/Direitos reservados
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

A pintora portuguesa Graça Morais vai ser agraciada com o título de Doutora Honoris Causa pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Numa nota enviada à comunicação social, a academia transmontana considera que a artista é “uma das grandes referências na história da arte contemporânea europeia”.

O reitor da UTAD Emídio Gomes considera que o título é “plenamente” justificado, devido ao “enorme prestígio da pintora” e à “expressão universal da sua obra”, mas também devido à “forte ligação ao território e às gentes de Trás-os-Montes e Alto Douro. Na matriz da sua pintura, a identidade transmontana cruza-se com uma visão crítica e humanística do mundo, a mesma visão – que parte do local para o global – que incutimos nos nossos estudantes”, considera.

Nascida na aldeia do Vieiro, Vila Flor, em 1948, Graça Morais tem uma carreira artística com mais de cinquenta anos, com representação em múltiplas coleções privadas e publicas e intervenção em múltiplas obras públicas nacionais e internacionais. Em 2021, foi homenageada na Nouvelle Sorbonne, em Paris, França. com uma jornada estudos sobre a sua obra. “O traço distintivo de Graça Morais tem sido exposto em mostras nacionais e internacionais, tem dialogado com escritores e coreógrafos, tem merecido galardões, mas tem sido, sobretudo, marca de uma identidade”, defende a universidade. A transmontana será a segunda mulher a ser agraciada com este título pela UTAD, depois da escritora Agustina Bessa-Luís, em 2018.

A cerimónia está marcada para o dia 11 de maio, com o ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Manuel Heitor a ser padrinho da pintora. A investigadora Raquel Henriques fará o elogio do percurso profissional.

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Marinha Grande: músicos portugueses apelam à consciência ambiental em exposição "Portugal Mais Verde"

Artigo seguinte

Nick Ukraine chega a Portugal através da MEO

Há muito mais para ler...