Ministério dos Negócios Estrangeiros alvo de ciberataque

Até ao momento, desconhece-se a dimensão e a origem do ataque.
NomadSoul/Envato Elements
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado.

Depois do grupo Impresa e da Vodafone, o Ministério dos Negócios Estrangeiros foi alvo de um ataque informático. O ciberataque foi detetado na semana passada pelo Serviços de Informações de Segurança.

Segundo a revista Sábado, a origem e a dimensão do ataque ainda não foram determinadas, mas teve consequências visíveis: desde sexta-feira que os funcionários e diplomatas não têm acesso ao correio eletrónico.

A revista do grupo Cofina acrescenta que o ataque pode ter comprometido informação classificada do Estado, algo que a tutela já desmentiu. Em entrevista à TVI, Augusto Santos Silva garantiu que não houve comprometimento da informação confidencial, assegurando que este tipo de ataques é algo comum: “Infelizmente, nos dias que correm estamos sempre sujeitos a ciberataques, que vamos respondendo e superando”, sustenta o governante.

Recorde-se que, na segunda-feira, os sites do Ministério dos Negócios Estrangeiros estiveram indisponíveis durante uma parte da manhã. Na altura, à Rádio Observador, fonte oficial do ministério assegurava que a indisponibilidade se deveu a uma manutenção informática.

Total
0
Partilhas
1 comentário

Os comentários encontram-se encerrados.

Artigo anterior

Sam The kid atua no Campo Pequeno com orquestra e Orelha Negra

Artigo seguinte

Russia Today pode ser suspenso em França

Há muito mais para ler...