we are social!

Hi, what are you looking for?

japao-billboard

Imprensa & Media

Plano de revitalização da Impala chumbado

Editora deve 42,5 milhões de euros a múltiplos credores

Divulgação
Divulgação

O Processo Especial de Revitalização (PER) do grupo Impala foi chumbado pelo tribunal, refere a edição desta sexta-feira do Correio da Manhã.

Segundo o matutino, o PER foi pedido pela “DescobrirPress”, uma das empresas do grupo Impala. A editora de livros e revistas, entre as quais, a Nova Gente, Maria, Ana ou TV 7 Dias, deve 42,5 milhões de euros, 3,7 milhões dos quais a funcionários da empresa.

Em declarações à Agência Lusa, citadas pelo jornal, diz que o plano “é a solução que permitirá continuar a sua atividade”. Nele, a empresa pedia “o perdão ou a redução do valor dos créditos”, “o condicionamento do reembolso de todos os créditos, ou de parte deles, às disponibilidades do devedor” e a “modificação dos prazos de vencimento e/ou das taxas de juro dos créditos”. Além disso, o plano propunha a liquidação dos créditos a trabalhadores “em sessenta prestações mensais, iguais e sucessivas”, sendo que a primeira prestação só iria vencer um ano “após o trânsito em julgado da sentença”.

O chumbo do tribunal é mais um problema a juntar-se à crise do grupo. Atualmente, a Impala deve 6,3 milhões de euros à Segurança Social, o que impediu a empresa de recorreu a layoff, e mais de 23 milhões a outros credores. A administração vai agora tentar encontrar a “posição jurídica que vai tomar”.

Publicado por

29 anos. Barcelense. Fundador, diretor e redator d'o largo.

worten-livros

também poderás gostar disto.

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"