Paço de Giela/Direitos reservados

Arcos de Valdevez assinala Recontro de Valdevez

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Paço de Giela/Direitos reservados

Arcos de Valdevez costuma assinalar o Recontro de Valdevez de 1141 com uma recriação histórica. No entanto, este ano, devido à COVID-19, não vai ser assim.

Para assinalar a data, o município preparou uma série de iniciativas a acontecer esta quinta-feira (dia 02) no Paço de Giela, a começar pela apresentação de uma estrutura que reproduz o painel de azulejos sobre o Recontro que existe na estação de São Bento, no Porto, da autoria de Jorge Colaço.  A estrutura, de dois por seis metros, será alvo de uma “reconstrução emotiva” da recriação, em que os visitantes do Paço de Giela, a partir de 04 de julho, poderão colocar um “azulejo”. Ao todo, 500 peças farão parte deste “Pórtico do Tempo” que ficará disponível durante o verão. Será também apresentada a primeira figura de um “futuro parque de figuras e elementos relacionados com o Recontro e com o século XIII”. Realizada por um escultor arcuense, a primeira escultura em tamanho natural a ser apresentada representará D. Afonso Henrique e o seu cavalo. 

Haverá ainda lugar à apresentação do espumante “Vez”, fruto de uma parceira entre o município e a Adega cooperativa de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez. Segundo a autarquia, o espumante foi “realizado especificamente com base na importância e significado do Recontro de Valdevez na História local e nacional, na forma de um produto diferenciador, com estética e conteúdo vínico muito próprios”.

Estas iniciativas decorrerão a partir das 11h. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...