Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

#informação #entretenimento #rádio

31.07.19

The Gift lançam vídeo de "verão"


helena margarida

Direitos Reservados

Os The Gift, depois da edição do disco "Verão" e da sua apresentação ao vivo por vários teatros e Festivais do país, lançam agora o teledisco para o single "Verão", um vídeo realizado por Paulo Costa Pinto e protagonizado pela vocalista, Sónia Tavares. Neste teledisco, Sónia foi também responsável pelo styling, hair & make-up.

O vídeo, rodado durante dois dias no Complexo de Piscinas Oceânicas de São Pedro de Moel, desactivado desde 2013, tem como objectivo transformar, através de um olhar poético e esteticamente cuidado, o desolador estado de abandono em que o local se encontra, numa viagem nostálgica à memória dos verões, animados, coloridos e inesquecíveis, que ali foram passados por milhares de crianças, durante décadas, incluindo a própria Sónia Tavares.

O "Verão" dos The Gift prossegue na estrada com vários concertos agendados, nomeadamente, nas Festas do Mar em Cascais (24 agosto) e no Festival do Crato (31 agosto).

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
31.07.19

First Breath After Coma na rota dos festivais de verão


helena margarida

Direitos Reservados

Os First Breath After Coma estão a todo o gás neste verão de 2019. Depois do lançamento de "NU" em março pela Omnichord Records, de uma digressão europeia com mais de 30 datas e de um concerto de 24horas, a banda de Leiria prepara-se para voltar à estrada numa rota por diferentes Festivais de verão em Portugal.

O primeiro é já no próximo dia 9 de agosto em Cem Soldos, no Festival Bons Sons, para o qual os First Breath After Coma estão, neste momento, a começar uma residência artística com Noiserv para preparar a actuação conjunta neste Festival. Ainda em agosto, o galardoado "NU" dos First Breath After Coma vai voltar aos palcos em Paredes de Coura, a 16, nos Banhos Velhos a 23 e no Azores Burning Summer a 31.

Divulgação

"NU", o filme, foi recentemente galardoado em Reiquejavique, na Islândia, na categoria "Best Music Video" no Close-Up Reykjavik Film Festival. "Receber esta distinção, para além da enorme explosão de alegria, deixou-nos muito orgulhosos da evolução que temos vindo a conseguir enquanto banda. É um reconhecimento de um dos países que mais admiramos musicalmente em relação ao nosso trabalho mais ambicioso, feito em simbiose perfeita com a Casota Collective. Produzir este álbum visual foi de loucos, mas são momentos como este, que nos dão força para continuar a arriscar dia após dia e a nunca repetir fórmulas", afirmam os First Breath After Coma.

 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
29.07.19

Lavradores de Feitoria escolhe branco e rosé como cores para este verão


helena margarida

Lavradores de Feitoria

O verão está a ser atípico mas, no Douro, a tradição ainda é o que era. Os vinhos estão "no ponto", garante a duriense Lavradores de Feitoria, que habitualmente lança vinhos com marca homónima a pensar nesta época do ano.

Falamos da colheita de 2018 dos irmãos "Lavradores de Feitoria" branco e rosé, vinhos frescos e frutados, ideais para degustar a solo ou com iguarias a condizer.

Falamos de vinhos que são “valores seguros”, a revelar uma grande consistência de ano para ano, e que primam por uma distribuição alargada quanto baste.

Lavradores de Feitoria branco SA.jpg

De cor palha limão, o "Lavradores de Feitoria branco" é um vinho muito fresco e frutado, quer no aroma, quer na boca. Apresenta fruta fresca, como alperce e alguma pêra, mas também notas de frutos tropicais. É bastante saboroso, com uma boa acidez e mineralidade, suportada por sabores a fruta madura, a lembrar pêra, mas também algum ananás. Estamos perante branco de blend, que nasce da união de três castas típicas do Douro, como é característico dos vinhos da Lavradores de Feitoria: Malvasia Fina, Gouveio e Síria. Um branco para degustar a solo, como aperitivo, mas que, devido à sua persistência de boca, é um excelente complemento para saladas, sopas frias, peixes magros, mariscos, carnes brancas (frango e peru) e massas com molho branco. É a 13.º edição, número que não assusta, antes pelo contrário, até porque a vindima deste ano, 2019, promete ser de qualidade.

Lavradores de Feitoria rose SA.jpg

Na linha gastronómica do branco e na mesma gama (e marca), a Lavradores de Feitoria aposta também no rosé, que num piscar de olhos chega à 8.ª edição. Porque o lado visual conta, e muito, nomeadamente nesta tipologia, o "Lavradores de Feitoria rosé 2018" apresenta-se em tons de salmão claro. No aroma é fino e elegante, mas com fruta evidente, do tipo cereja e nuances de alperce. A entrada de boca é fresca e equilibrada. A cereja evidencia-se no palato e a ela junta-se a ameixa, criando uma díade de sabores a frutos vermelhos, complementados pela presença de citrinos. Em linguagem enófila, estamos perante um rosé seco (em oposição ao doce), que pauta pela frescura e leveza. Um rosé que prima pela presença de Touriga Franca (70%), a qual se juntam uvas de castas autóctones várias, plantadas em “regime” de field blend.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
26.07.19

Sonic Blast de volta a Moledo


helena margarida

Divulgação

Nos dias 08, 09 e 10 de agosto de 2019 o Sonic Blast volta a Moledo, concelho de Caminha, para mais uma edição com muito rock psicadélico num encontro perfeito entre praia, piscina e surf.

O cartaz já está completo. Stoned Jesus, Giöbia, Viaje a 800, Solar Corona, O Bom O Mau e o Azevedo, Mr. Mojo e Here The Captain Speaking The Captain is Dead são as últimas confirmações. O cartaz incluí ainda nomes como OM, Graveyard, Earthless, Eyehategod, Orange Goblin, entre outros.

No total passam mais de 30 bandas de rock psicadélico e stoner em Moledo, numa edição em que o Festival, pela primeira vez, conta com 3 dias de programação, uma escolha da organização face ao crescimento do Sonic Blast nas últimas edições.

O Centro Cultural de Moledo volta a acolher o Festival e o recinto é composto por dois palcos: o principal, onde alguns dos maiores nomes do cartaz vão atuar pela noite dentro, e o secundário, que conta com a habitual piscina na plateia e que abre o Festival.

Os passes gerais, como também os diários para o último dia desta edição do Festival (10 agosto), encontram-se neste momento esgotados, havendo apenas bilhetes para o dia 08 e 09 de agosto, sendo que cada bilhete tem um custo de 35€.

As sessões de Warm-Up estão também de volta. Estes concertos gratuitos que festejam o regresso de mais uma edição do Sonic Blast realizam-se a 07 de agosto, dia que antecede a abertura das portas do Festival, na praia de Moledo.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
26.07.19

FAZUNCHAR: a arte faz a festa em Figueiró dos Vinhos


helena margarida

Divulgação

Em Figueiró dos Vinhos, entre os dias 24 de agosto e 1 de setembro, a arte faz a festa. Um evento que é o resultado de um simples pedido de dinamizar este município e "ser falados por algo além dos incêndios, das tragédias ou das desconfianças”.

É deste modo que a MISTAKER MAKER – Plataforma de Intervenção Artística, que aqui assume os papéis de criação do conceito, curadoria e coorganização, descreve aquela que foi a primeira visita, análise e estudo desta região, acrescentando: “rapidamente percebemos a identidade imensa e rica de Figueiró dos Vinhos, o seu valor único local, que se desmultiplica por inúmeros bens culturais, sejam históricos, arqueológicos, arquitetónicos, linguísticos, documentais, artísticos, etnográficos, etc; que podem ser corporizados, espelhados e/ou exaltados por artistas, em novos valores de memória, de autenticidade, originalidade, raridade ou exemplaridade, sendo isto que incentiva a (re)descoberta pelos residentes locais e a visitação e permanência de visitantes.”

Desta forma imediata e especial, pretende-se com este FAZUNCHAR, renovar a projeção de Figueiró dos Vinhos à escala nacional, enquanto produtor e palco de atividade artística e cultural. O próprio nome do evento, FAZUNCHAR, é uma palavra recolhida de um ‘bem local’_ o laínte (dialeto exclusivo dos comerciantes de têxteis) que significa Fazer. Na prática, "é o que se ambiciona para este evento, um ‘fazer’ por este território e pelas suas gentes, porque aqui, tal como em qualquer outro local mais interior e esquecido de Portugal, é urgente transmitir e preservar o corpus cultural de uma entidade coletiva", explica a organização.

O FAZUNCHAR será construído por vários tipos de Arte, em diálogo constante entre elas, com a comunidade e território. Contemplará Pintura Mural (revisitando lugares que já inspiraram José Malhoa e os seus contemporâneos), Instalação, Concertos, Filmes, acções comunitárias e Workshops para todas as idades, nos quais se inclui o inovador LATA 65 | workshop de arte urbana para idosos.

Entre os artistas convidados para actuarem nesta 1º edição do FAZUNCHAR, surgem os nomes de alguns dos mais promissores do panorama internacional, como o do marroquino Mohamed L'Gacham ou do espanhol Julio Anaya Cabanding, convidado a reproduzir peças de José Malhoa, pelas mesmas ruas e recantos que as inspiraram. A estes, juntam-se os portugueses Aheneah, que se tem destacado pela sua técnica de desconstrução, construção e transformação de uma técnica tradicional como é o bordado em ponto cruz num gráfico moderno e urbano e os Halfstudio, duo especializado em lettering. Para além da execução dos Murais que poderão (e deverão) ser acompanhados diariamente pelo público, esta 1º edição 2019 do FAZUNCHAR apresenta uma programação complementar diversificada, que pretende complementar e potenciar o elo de ligação entre o público, as obras e os artistas participantes.

Entre as várias atividades, destacam-se:

_ as Residências artísticas, nas áreas da música, desenho, fotografia e vídeo, que irão registar o quotidiano de Figueiró dos Vinhos e, em especial, esta semana de trabalhos e muita magia. Para tal a organização convidou o Homem em Catarse para ir descobrir Figueiró dos Vinhos, tudo o que inspirou e continua a inspirar criadores e a escrever um novo tema para a sua ‘Viagem Interior’;

_ a exposição coletiva de cartazes Ilustrar Malhoa, que reune 6 dos mais consagrados ilustradores portugueses _ Ana Seixas, André da Loba, André Letria, Mariana Rio, Margarida Girão e Tiago Galo _ que aceitaram o desafio de ilustrarem e/ou reinterpretarem 6 trabalhos de José Malhoa. Estes trabalhos poderão ser encontrados em paredes pelo centro histórico de Figueiró dos Vinhos, pelas ruas que tantas vezes inspiraram o autor;

_ o inovador Workshop de arte urbana para idosos LATA 65, que depois de uma passagem pela Escócia, num dos principais festivais de arte urbana do Mundo, o NUART Aberdeen, onde alcançou renovado reconhecimento enquanto iniciativa impar no cuidado aos mais idosos, volta a atuar em território nacional;

_ o Workshop de Aarte Urbana em Ponto Cruz que, orientado por Aheneah, irá permitir compreender e aprender como é feita esta combinação improvável entre a técnica de bordado em ponto cruz e a Arte Urbana;

_ a exposição Memória Fotográfica, que apresenta uma seleção de fotografias recolhidas do enorme espólio da Drª. Margarida Herdade Lucas, habitante e amante de Figueiró dos Vinhos, que retratam e promovem uma viagem pelas vivências, costumes e mudanças marcantes que ocorreram neste território;

_ o concerto de NOISERV que virá encerrar uma semana de intensa atividade artística, perpetuando-a num momento único de partilha.

Esta iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, integra a candidatura “Produtos Turísticos da Região de Leiria”, promovida pela CIMRL – Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria e é cofinanciada pelo CENTRO2020, Portugal 2020 e União Europeia através do fundo FEDER e apoiada pela Turismo Centro de Portugal estando integrada na estratégia de promoção turística da Região.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade

Pág. 1/4