Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

#informação #entretenimento #rádio

05.03.19

Netflix andou a testar preços para novos utilizadores


Bruno Micael Fernandes

Time/Direitos reservados

A Netflix tinha uma dúvida: quanto é que o seu serviço vale para os possíveis novos assinantes? 

Se dúvida existia, mais depressa se desfez. Segundo o jornal francês Le Parisien, a empresa nos últimos dias andou a alterar, de forma aleatória a alguns utilizadores, a indicação dos valores de determinados planos. Os testes aconteceram em França e Itália. 

Vários utilizadores queixaram-se nas redes sociais sobre o assunto. Afinal, estava em causa o facto das mensalidades terem aumentado sem qualquer aviso prévio, apesar dos valores do serviço terem sofrido, em janeiro passado, um aumento nos EUA.

 

O jornal cita o caso de uma utilizadora à qual a plataforma lhe sugeriu o plano "Standard" a 13,99€ por mês quando o valor normal é de 10,99€ (exatamente o mesmo que em Portugal) ou o plano "Premium" a 17,99€, quatro euros a mais que o valor verdadeiro.

Ora tudo não passa de um teste. 

A empresa de streaming sublinha que não houve alterações nos preços (7,99€, 10,99€ e 13,99€) e que os utilizadores que subscreverem o serviço só verão ser cobrados os valores originais. A Netflix diz que isto era um teste para ver "qual o valor que os utilizadores dão" ao serviço e que "nem todos" os utilizadores "serão afetados por este teste" e que os preços indicados "podem não ser aplicados após esta fase", refere fonte da plataforma citada pelo jornal. Apesar do objetivo ser o de "manter a Neflix como um bom negócio", o facto é que a mesma fonte não indicou quais os critérios utilizados para a seleção dos utilizadores deste teste. 

Apesar deste tipo de testes não ser permitido pela lei francesa (o preço afixado tem de ser o correto), segundo o jornal, que cita uma advogada especializada em direito de consumo, será difícil mostrar que existe "prejuízo para o consumidor", visto que o subscritor vai pagar menos do que era esperado. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
05.03.19

Amantes dos jogos de tabuleiro reúnem-se na Marinha Grande


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

A maior e mais antiga convenção de jogos de tabuleiro vai acontecer na Marinha Grande: a 14.ª edição do LeiriaCon arranca dia 14 de março e são esperados  "centenas de jogadores, entusiastas, famílias e meros curiosos" nesta convenção "com o único objetivo de jogar jogos de tabuleiro modernos e, em última análise, se divertirem". 

O evento já acontece deste 2017 e , para além dos jogadores e entusiastas, conta com designer-criadores de jogos, torneios, sorteios e outras atividades paralelas. 

A iniciativa é da Associação Projeto Spiel Portugal, com o apoio do município da Marinha Grande, e vai decorrer até dia 17 de março no Hotel Cristal Resort and Spa, na Praia da Vieira, em Vieira de Leiria. Todo o programa está disponível no site do município

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
05.03.19

Viana do Castelo faz "Requiem à Floresta Portuguesa"


Bruno Micael Fernandes

Direitos reservados

O Teatro Sá de Miranda, em Viana do Castelo, é o palco para a estreia da performance ao vivo "Home Is The Place Where Fire Burns" da autoria da checa Martina Vídenová. 

O projeto audiovisual é sobre os incêndios florestais de 2017, que a autora também subtítulo de "Requiem à Floresta Portuguesa". A artista justifica a escolha do subtítulo com o facto de um requiem ser "uma missa para os mortos,  geralmente tocada no contexto de um funeral". A peça é dedicada "às florestas portuguesas e também, depois das grandes perdas humanas em 2017, às vítimas e às suas famílias". 

O "requiem" será também complementado com uma exposição fotográfica no Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa, às 18h30. 

O concerto "para coro e orquestra" arranca às 17h30 do dia 10 de março e contará também com um programa completar que incluirá atuações de Arvo Pärt, Samuel Barber, Marina Pikoul e Georg Philipp Tellemann. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
05.03.19

Ópera de portugueses selecionada para a Bienal de Veneza.


Bruno Micael Fernandes

Público P3/Agência Lusa/Direitos Reservados

A ópera de câmara "The Colour's Mechanics", de Nuno Costa e Madalena Nogueira Santos, foi selecionada para a 63.ª edição do Festival Internacional de Música Contemporânea, no âmbito da Bienal de Veneza, em Itália. 

É a primeira vez que uma candidatura portuguesa é selecionada na vertente da música. A composição é insiprada na luta do ser humano com a tecnologia. 

O objetivo era a criação de "projetos de teatro musical de baixo orçamento, com um tema cómico, surrealista, fantástico e/ou lúdico, com uma duração não superior a 18 minutos", sendo dirigido a equipas compositores e libretistas com idade igual ou inferior a 35 anos. 

Nuno Costa é natural da vila de Cerva, em Ribeira de Pena, sendo também coordenador da Academia das Artes daquela cidade transmontana. Já Madalena Nogueira Santos é natural da Maia, é advogada e autora de quatro romances publicados pelas Edições ASA do Grupo LeYa, bem como de outras obras literárias.​ 

A estreia da obra, bem como das outras três selecionadas, acontece a 06 de outubro no Piccolo Arsenale Theatre, encerrando o Festival Internacional. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
05.03.19

Benjamin Clementin anuncia sete datas para Portugal


Bruno Micael Fernandes

Benjamin Clementine

Benjamin Clementine vai estar em digressão pela Europa nos próximos meses de maio e junho e Portugal vai ser uma das paragens. 

Coimbra, Faro, Aveiro, Guarda, Braga, Ponta Delgada e Porto são as cidades que receber uma "performance nunca menos do que arrebatadora do músico", descreve a promotora Sons em Trânsito. 

Os concertos vão acontecer de 02 a 10 de junho, onde o público pode esperar "uma proposta acústica, única e intimista que, em palco, contará com o músico inglês acompanhado por cinco instrumentistas franceses". Aliás, o mote desta digressão acústica é justamente "uma noite com Benjamin Clementine e o seu quinteto de cordas parisiense". 

Benjamin Clementine arranca a série de concertos em Coimbra (02/jun, Convento São Francisco), seguindo-se Faro (03/jun, Teatro das Figuras), Aveiro (05/jun, Teatro Aveirense), Guarda (06/jun, Teatro Municipal), Braga (07/jun, Grande Auditório Fórum Braga), Ponta Delgada (09/jun, Teatro Micaelense) e Porto (10/jun, Coliseu do Porto). 

Os bilhetes já estão à venda. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
05.03.19

Plataforma das Artes acolhe iniciativa "A Minha Vida Dava um Livro"


Bruno Micael Fernandes

Município de Guimarães

Dez convidados, vindos de diversas áreas como o ensino ou o desporto, vão participar na iniciativa "A Minha Vida Dava um Livro".

Com apresentação de Fernando Alvim, a sessão decorre na Black Box da Plataforma das Artes, em Guimarães, na próxima quinta-feira, às 21h. 

Maria João Costa, Eduardo Brito, Catarina Moreira, Victor Hugo Pontes ou Neno são alguns dos convidados desta sessão que pretende pôr os participantes a "contar, em 5 minutos e com recurso apenas à oratória e à projeção, um episódio da vida que pudesse ser retratado por um livro previamente escrito, ou aprofundar o conhecimento sobre um livro que marcou a sua vida", refere a autaquia. 

O objetivo final é que os espetadores "saiam com vontade de ler os dez livros citados", para além "proporcionar duas horas de boa disposição". 

A entrada é livre mas sujeita a inscrição pelo email bilheteira@aoficina.p

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade