Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

27.09.18

Manuela Moura Guedes é o novo reforço da SIC


Bruno Micael Fernandes

Instagram Rodrigo Guedes de Carvalho

É oficial! Manuela Moura Guedes vai voltar ao pequeno ecrã num espaço de comentário no "Jornal da Noite" da SIC.

A ex-jornalista da TVI é, assim, a resposta à ida de Miguel Sousa Tavares para a TVI. Segundo o jornal digital, as negociações duraram semanas, devido a várias incertezas. No entanto, as duas partes chegaram à acordo e a estreia será a 8 de outubro. 

ECO contactou a jornalista há duas semanas, sendo que não confirmou o regresso e disse desconhecer o programa. No entanto, na manhã desta quinta-feira, Clara de Sousa e Rodrigo Guedes de Carvalho já partilharam fotos nas suas redes sociais com Manuela Moura Guedes. Fonte oficial da SIC, contactada pelo Dinheiro Vivo, está a remeter para as publicações do dois jornalistas. 

Entretanto, a SIC e a SIC Notícias vão começar a transmitir vários teasers, cujo conceito foi desenvolvido por Rodrigo Guedes de Carvalho. 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

🧐

Uma publicação partilhada por SIC Notícias (@sicnoticias) a

 

 Depois da saída da TVI em 2010, na sequência da polémica da suspensão do "Jornal Nacional" de sexta-feira por parte do grupo Media Capital, Manuela Moura Guedes apresentou, na RTP, o formato "Quem Quer Ser Milionário?" e foi comentadora no programa da RTP Informação (atual RTP 3) "A Barca do Inferno" donde saiu depois de uma discussão em direto com a deputada socialista Isabel Moreira. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
26.09.18

Rodrigo Leão apresenta "O Aniversário" no Porto e em Lisboa


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

Rodrigo Leão vai apresentar o espetáculo "O Aniversário" em duas atuações 

A Universal Music Portugal justificou esta decisão da promotora "devido à grande procura de bilhetes para o espetáculo de comemoração dos 25 anos de carreira a solo de Rodrigo Leão". O espetáculo conta a carreira do compositor "através de uma viagem pelos seus temas mais emblemáticos, na companhia de alguns dos vocalistas e músicos com quem tem trabalhado", refere a editora. 

Assim, no Coliseu Porto Ageas, os concertos serão dia 7 e 8 de novembro. Já em Lisboa, no Coliseu dos Recreios, os concertos serão no dia 9 e 10 (18h e 21h30). 

 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
26.09.18

CMTV já apresentou a sua primeira telenovela original


Bruno Micael Fernandes

Duarte Roriz/Correio da Manhã/Direitos reservados

A CMTV entrou oficialmente no campeonato da ficção nacional. A televisão do Correio da Manhã anunciou, na noite desta terça-feira, que vai ter, na sua grelha, a sua primeira telenovela original portuguesa. O nome do projeto é "Alguém Perdeu" e foi divulgado na "Gala Sexy 20" que decorreu no "Teatro Capitólio". 

Com mais de 200 episódios, a novela terá como protagonistas Anabela Teixeira e António Pedro Cerdeira, para além das participações de Helena Costa, João Mota, Sabri Lucas e Sofia Arruda. 

Otávio Ribeiro, diretor do Correio da Manhã e da CMTV, mostrou-se contente com um "projeto disruptivo". "Esta não vai ser uma novela como as outras: vai ser um "alerta CM" constante", garantiu o responsável editorial do grupo Cofina que se mostrou confiante numa vitória das audiências. "Já somos líderes no cabo. Eu prometi na gala "Viva a Vida!" que, daqui a cinco anos, estaremos a bater-nos pela liderança absoluta da televisão em Portugal. (...) Eu tenho a certeza que isso vai acontecer!", asseverou. 

"Ter uma novela" era um objetivo de Ribeiro, acrescentando que o projeto será "muito diferente" com "técnicas de filmagem abrasivas". "O nome da novela é "Alguém Perdeu" porque alguém vai perder muita audiência para nós", brincou o diretor. 

A música de genérico, "Se Alguém Perdeu" estará a cargo de Miguel Gameiro e Susana Félix e foi também interpretada em direto na gala. Escrita por António Barreira, a telenovela será produzida pela SP Televisão. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
25.09.18

Santa Marta de Penaguião assinala dia do Turismo com peça de teatro


Bruno Micael Fernandes

Município de Santa Marta de Penaguião

O Grupo Filandorra - Teatro do Noroeste vai levar a cena a peça de José Luís Peixoto, "À Manhã". 

Estreada originalmente em 2007, a peça passa-se "algures numa aldeia envelhecida de Portugal" onde "cinco personagens, dois homens e três mulheres partilham histórias, silêncios, segredos e beijos". "Neste espetáculo, atores e público redescobrem os modos de estar, as rotinas, as falas… dos “nossos” idosos, num grito de alerta para a necessidade de “ver e sentir” o quotidiano do mundo rural, os problemas do despovoamento e envelhecimento das populações das aldeias do interior do país", refere a autarquia. 

O evento é uma iniciativa da autarquia de Santa Marta de Penaguião e pretende assinalar o Dia Mundial do Turismo. 

A peça vai estar em cena quinta-feira, pelas 21h30, no auditório municipal da cidade. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
25.09.18

França: acusação de "pornografia infantil" leva a retirada de livro de banda desenhada das lojas


Bruno Micael Fernandes

Atenção: Este artigo tem conteúdos que podem não ser aprovados pela empresa onde trabalhas, pelo país onde vives ou, mesmo, pela tua mãe!

Twitter @BastienVives

A premissa é simples: um miúdo de dez anos com um "pénis de elefante" e que causa às mulheres que o rodeiam "pensamentos lascivos". A descrição de "Petit Paul" de Bastien Vivès é do jornal Le Monde

E com uma premissa destas, não tardou a polémica. Duas cadeias de livrarias francesas ("Cultura" e "Gibert Joseph") anunciaram, esta segunda-feira, a retirada do livro das prateleiras. A reação das duas empresas vem de uma petição online, assinada por cerca de duas mil pessoas que pediam a retirada do livro devido ao facto de ter características passíveis de serem "pornografia infantil". 

Ora, os signatários da petição alegam que "representações de caratér pornográfico de menores são proibidas em França". O jornal francês chama, no entanto, à atenção que o livro em causa "é apenas um concentrado de humor transgressivo através do qual o autor brinca com as suas próprias fantasias". 

Ainda antes da retirada de venda por parte das duas cadeias de livrarias, a Glénat, a editora de "Petit Paul", emitiu um comunicado onde lembra que o livro "é uma obra destinada exclusivamente a adultos" e que o livro é vendido envolto em celofane com um autocolante "Obra pornográfica. Interdita a venda a menores". 

"Esta obra de ficção não se destina a minorar, promover ou legitimar o abuso de menores sob qualquer forma: é uma caricutura cujo destino, voluntariamente grotesto e ultrajante nas suas proporções, não deixa dúvidas quanto à natureza totalmente irrealista do personagem e do seu ambiente", esclarece ainda a editora. 

No entanto, a editora diz que cada livreiro é "chefe da sua casa: quem não se sente à vontade c vender um trabalho pronográfico, mesmo em celofane, é livre de não o divulgar". 

Cadeia diz que o livro continua disponível

Por seu turno, a cadeia "Cultura" diz que o livro não foi totalmente retirado. Ao Le Monde, Jean-Luc Treutenaere, diretor de relações públicas da empresa diz que "Petit Paul" "continua nos armazéns das nossas lojas para que os clientes que o solicitem o possam comprar". O responsável diz que a ação da empresa foi de cautela "até que uma decisão judicial fosse proferida. Queremos ser cautelosos em relação aos nossos clientes que são muito familiares". No entanto, Treutenaere defendeu que a ação da empresa entra na sua "liberdade editorial de divulgar ou não um livro". 

Em Portugal, o livro está disponível na wook, 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
25.09.18

Videoclip de "LisbonHood" de Júlio Resende já está disponível


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

Júlio Resende descreve "LisbonHood" como uma "mini loucura". O tema de apresentação de "Cinderella Cyborg", o novo álbum do músico, já tem videoclip disponível no YouTube. 

Juntando o rap de Sam Azura com o fado de Peu Madureira, o tema é uma mescla de "um amor por se viver em Lisboa" de "um estrangeiro que vive cá" (quase como se fosse uma "carta de amor à cidade) e "as palavras do maior poeta lisboeta" (Fernando Pessoa em heterónimo de Álvaro de Campos). 

"Cinderella Cyborg" é lançado 5 de outubro e Júlio Resende já tem dois concertos de apresentação no Teatro Tivoli (02-nov) e na Casa da Música (13-nov). 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
21.09.18

RTP: Contrato de Fernando Mendes causa mal estar nos trabalhadores


Bruno Micael Fernandes

RTP/Direitos reservados

Fernando Mendes viu o seu contrato com a RTP aumentar para os 20 mil euros por mês. Mas a renovação não caiu bem junto dos trabalhadores da estação pública. 

A Comissão de Trabalhadores da RTP (CT) emitu um comunicado na noite desta quinta-feira, manifestando-se por um "tratamento" que considerem "justo e quitativo daqueles que dão tudo pela RTP todos os dias, os seus trabalhadores". 

A CT descreve a situação dos recursos humanos da empresa como "desastrosa. "A idade média dos trabalhadores no quadro efectivo é de 49.9 anos, grande número deles abandonou a empresa nos últimos anos, mais de metade dos que ficaram exerce funções acima do seu descritivo funcional, sem serem pagos para isso", descreve o órgão. Para além disso, a RTP é acusada de manter "centenas de trabalhadores em situação de prestação de serviço que já deveriam ter sido integrados". 

Apesar de não pôr em causa a  "avaliação do merecimento destes valores ou outros quaisquer por parte de um profissional de televisão que decerto os merece", o grupo representativo quer respostas para os problemas que a estação pública atravessa: a "degradação técnica da RTP e os recursos humanos e fazendo em todas as reuniões a mesma pergunta: Para quando os reenquadramentos de 2018?". 

No entanto, a CT diz que a administração se desculpa com o Festival Eurovisão da Canção. "Gastámos muito no Eurofestival. Assim, o Eurofestival, que o próprio Dr. Gonçalo Reis tinha garantido à CT que nunca seria pago pelos trabalhadores, transformou-se no alibi perfeito para os manter parados salarialmente", atira a CT, que faz a ressalva que Gonçalo Reis disse na Assembleia da República que a RTP gastou 3,9 milhões de euros no evento. 

"Então mas, se a RTP gastou menos do que se esperaria no Eurofestival, vai atingir resultados positivos tranquilamente e pode aumentar apresentadores entrando na loucura televisiva deste Verão, porque é que não pode fazer reenquadramentos profissionais dos seus trabalhadores?", pergunta a CT no mesmo comunicado para logo a dizer que apoia "o pedido de auditoria às contas da RTP feito pelo Conselho de Opinião". 

"Se este Conselho de Administração tem um plano para mudar o rumo da RTP, resolver a degradação técnica da empresa e o caos dos seus recursos humanos é tempo de dizer qual é, de o explicar e de o quantificar, senão o fizer, é tempo de passar a palavra aos trabalhadores para, através das formas de pressão ao seu dispor, mudarem a empresa", conclui. 

A CT vai reuniar com o Conselho de Administração já no próximo dia 24. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
20.09.18

Carlos Daniel sai da RTP


Bruno Micael Fernandes

Diana Tinoco/Jornal i

O jornalista Carlos Daniel vai sair da RTP, avança a edição online do Jornal de Notícias e, entretanto, confirmada pelo próprio jornalista. 

A, até agora, cara da estação pública vai abraçar o projeto "Canal 11" da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). O jornalismo será um dos principais rostos, para além de dirigir os conteúdos do futuro canal, do site da FPF e de outros projetos de comunicação. 

"Decidi aceitar um desafio que me entusiasma e que será algo verdadeiramente novo no panorama dos conteúdos de desporto em Portugal", confirmou Carlos Daniel ao jornal online Observador. Dizendo que "não trocaria a RTP por um projeto que não fosse ganhador e que não tivesse como principal objetivo chegar aos portugueses, incentivar a prática desportiva, divulgar o futebol, os seus jogadores e treinadores", o jornalista descreveu o novo projeto como "aliciante e motivador". 

Esta é mais uma transferência "de peso" no mercado televisivo de 2018. O "Canal 11" arranca em maio do próximo ano e terá como diretor Nuno Santos, ex-diretor de programas da RTP SIC prevendo chegar a quatro milhões de lares. 

em atualização.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade

Pág. 1/3