Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

29.08.18

Joana Ribeiro ruma à TVI


Bruno Micael Fernandes

João Biscaia/Jornal i/Direitos Reservados

 

O caminho que liga Queluz de Baixo e Carnaxide continua com trânsito intenso. Joana Ribeiro é mais uma atriz que migra para o portefólio de atrizes da TVI

Num comunicado na página de Instagram, a atriz diz que "este é o momento certo para sair da minha zona de conforto e agarrar este novo projeto", aceitando a proposta da estação que  acabou de perder Cristina Ferreira. 

Dizendo que "na SIC aprendi muito e cresci enquanto pessoa e actriz com os profissionais espetaculares com quem tive a oportunidade de trabalhar", Joana Ribeiro confessa que a decisão foi "mais difícil" devido a Daniel Oliveira, o novo homem-forte do entretenimento do grupo Impresa, a quem a atriz deixou um "agradecimento especial". 

"TVI, estou cheia de vontade de continuar a escrever esta minha história convosco também", termina a atriz. 

Por seu turno, a SIC emitiu um comunicado agradecendo a "dedicação ao trabalho desde a sua estreia há seis anos e também a forma séria e frontal como geriu este processo" e desejando "as maiores felicidades". 

Joana Ribeiro teve a primeira participação em "Dancin' Days", depois de ter sido descoberta num casting em 2012. Participou também em "Poderosas", "Sol de Inverno", "Paixão" (SIC) e "Madre Paula" (RTP 1). 

 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
29.08.18

Canais SIC já podem voltar a ser emitidos em Angola


Bruno Micael Fernandes

Divulgação/Direitos reservados

 

SIC Notícias e a SIC Internacional estão prontas a voltar a ser emitidos em Angola, não existindo qualquer impedimento governamental para isso acontecer, informou a estação de Carnaxide. 

Segundo a nota, o canal recebeu uma comunicação do Ministério da Comuicação Social de Angola informando de que "não existe qualquer impedimento em que as emissões dos dois canais sejam retomadas, sendo que o Governo e o ministro João Melo veem com agrado o regresso dos dois canais". 

O regresso do canal noticioso e do canal internacional do grupo Impresa está agora dependente de como decorrerão as negociações entre a SIC e as operadoras. 

Recorde-se que as emissões dos dois canais foram suspensos no país em março de 2017, meses antes das eleições que elegeram João Lourenço. A suspensão ocorreu depois de terem sido divulgadas  reportagens críticas ao regime de José Eduardo dos Santos. Apesar da suspensão, a operadora continuava a emitir os canais SIC RadicalSIC MulherSIC KSIC Caras). 

Em junho, no Twitter, Isabel dos Santos, dona da ZAP (uma das operadoras), acusou Pinto Balsemão, presidente do Conselho de Administração da Impresa, de "inconfessável ganância", divulgando que a estação de televisão exigia um milhão de euros por ano para a transmissão dos canais em Angola, quando a BBC e a Al Jazira pediam 33 mil e 66 mil euros, respetivamente. Nesse mesmo mês, a DStv (outra operadora angolana) interrompeu também a emissão dos dois canais em Angola, mantendo a transmissão em Maçambique e na África do Sul. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade