Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

#informação #entretenimento #rádio

02.07.18

Morreu o jornalista José Pinto


Bruno Micael Fernandes

 

RTP/Direitos reservados

 

O antigo jornalista da RTP José Pinto faleceu hoje, avança a estação pública que cita o jornalista e amigo José Carlos Costa.

José Pinto foi pivô do extinto magazine de desporto automóvel "Rotações" e comentador de Fórmula 1. Há cerca de um ano, tinha sofrido um AVC. 

"José Pinto ficará sempre na nossa memória como um dos rostos do jornalismo dedicado ao desporto automóvel", refere a estação pública. 

O antigo jornalista tinha 70 anos.

 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
02.07.18

David Dinis demite-se do "Público"


Bruno Micael Fernandes

Rádio Renascença/Direitos reservados

 

David Dinis demitiu-se do cargo de diretor do jornal Público, avança o Diário de Notícias. O jornalista já confirmou a informação mas sem adiantar pormenores.

Segundo o jornal online, o jornalista demitiu-se depois da Administração do jornal ter decidido demitir o diretor-adjunto Diogo Queiroz de Andrade. Alguns meios de comunicação estão a descrever o ato de Dinis como sendo de "solidariedade" para com o membro da sua direção. 

Queiroz de Andrade chegou esta segunda-feira de férias e, chamado à administração, foi informado que estava demitido. Dinis, por seu turno, tinha entrado de férias esta manhã e soube da decisão nessa altura.

A redação vai reunir em plenário nas instalações do jornal em Lisboa, a partir das 16h. 

Situação já não é nova: Queiroz Andrade não era bem aceite na administração

A situação arrasta-se já há três semanas quando, segundo o jornal online Observador, a administração (representada pela adminsitradora Cristina Soares e pela administradora executiva da Sonaecom Cláudia Azevedo) reuniu-se com o (agora) ex-diretor no Porto para a uma reunião anual e David Dinis foi surpreendido com a informação que Diogo Queiroz de Andrade iria ser despedido. David Dinis mostrou o desacordo completo com a decisão: para além de não aceitar, o assunto não foi discutido previamente. O responsável editorial voltou a Lisboa pensando que a questão estava ultrapassada. 

No entanto, a administração mantinha, ainda segundo o mesmo jornal online, muitas críticas a Queiroz de Andrade, tendo efetivado o seu despedimento esta segunda-feira. Após a reunião anual, Dinis nunca mais foi ouvido pela administração relativamente a este assunto. . 

David Dinis assumiu o cargo de diretor do Público a 1 de outubro de 2016, substituindo Bárbara Reis. Antes, foi diretor do jornal online Observador entre 2014 e 2016 e também integrou, em 2016, a direção da TSF, até ingressar no jornal da Sonaecom. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade

Pág. 4/4