we are social!

Hi, what are you looking for?

Sem categoria

Morreu Laura Soveral

Este conteúdo tem 3 anos e poderá estar desatualizado.

 

A atriz Laura Soveral faleceu esta quinta-feira, anunciou a Academia Portuguesa de Cinema na sua página de Facebook. 

Nascida em Angola em 1933, veio para Lisboa na década de 60 onde estudou Filologia Germânica, na Faculdade de Letras, tendo frequentado a Escola de Teatro do Conservatório Nacional. Estreou-se no teatro em 1964 no Grupo Fernando Pessoa, dirigido por João d’Ávila. Chega ao cinema em 1967 numa curta-metragem de António de Macedo, intitulada “Alta Velocidade”. Participou também em “Estrada da Vida” (1968), “Uma Abelha na Chuva” (1972), “Francisca” (1981) e ‘Tabu’ (2015).

Em televisão, dsempenha papéis em novelas da Rede Globo, durante a década de 70, como “O Casarão” e “Duas Vidas”. Em Portugal, participa em “Morangos com Açúcar”, “Chiquititas”, “Liberdade 21”, “Tempo de Viver”, “Ricardina e Marta”, “Passarelle” e “Belmonte”, a sua última participação no elenco regular de uma novela. 

Em 2016, recebeu o Prémio Bárbara Virgínia. 

Não haverá funeral: a atriz, que sofria de Esclerosoe Lateral Amiotrófica, optou por doar o seu corpo à ciência, não havendo lugar a qualquer tipo de cerimónia. Segundo os familiares num curto comunicado, o ato de doação de corpo foi “próprio de uma mulher “muito à frente do seu tempo””. 

Laura Soveral tinha 85 anos.

Publicado por

Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

também poderás gostar disto.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"