Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

porque tudo acontece...


em direto estamos no ar...

ouvir

agora n'o largo.fm:

sobreprogramaçãoo que já tocou?

13.06.18

"Diário de Notícias" passa a digital já a 01 de julho


por Bruno Micael Fernandes

Isabel Cruz/FCSH+Lisboa/Direitos Reservados

 

Diário de Notícias (DN) vai passar a ser digital no dia 01 de julho, avança o site Meios & Publicidade. Neste mesmo dia, chega às bancas a edição semanal em papel, em formato "berliner" modificado. 

Catarina Carvalho, diretora executiva do DN, diz que as palavras de ordem são "curadoria" e "proximidade" num jornal que será "mais diário que nunca".  

Ao todo, a redação terá 50 elementos, sendo que não haverá redução de equipa. Aliás, ainda não estão fechadas contratações. 

A acompanhar o jornal, para além do suplemento Dinheiro Vivo, quatro revistas ocuparam, de forma rotativa, o lugar vago da Notícias Magazine que passa a ser distribuída apenas com o Jornal de Notícias: Evasões 360Life, Ócio e DN Insider. As últimas três terão também canais alojados no site do jornal. 

O novo projeto será apresentado no dia 19 de junho. 

encontraste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
ouve o largo.fm e torna-te nosso patrono.
11.06.18

Panda Biggs censura beijo homossexual na série "Navegante da Lua"


por Bruno Micael Fernandes

Direitos reservados

 

O canal Biggs foi acusado de ter censurado um beijo homossexual entre duas personagens da série "Sailor Moon Crystal", mais conhecidos em Portugal como "Navegante da Lua".

A deliberação da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, datada de 8 de maio de 2018, refere que "foram recebidas (...) quatro participações" contra o canal infantil produzido pela Dremia entre os dias 14 e 19 de dezembro de 2016 e que a  Comissão para Cidadania e Igualdade de Género também enviou uma participação. 

"Os participantes afirmam que o referido serviço de programas censurou uma cena de um beijo entre duas personagens de género feminino, nos episódios 29 e 30, bem como todas as cenas onde se fala de identidade de género de uma das personagens, nos episódios 31 e 33", refere a deliberação. As queixas indicavam que "o serviço de programas infanto-juvenil Panda Biggs «aparentemente guia-se pela invisibilidade de expressões afetivas não-normativas. Existem cenas de assédio sexual em que uma personagem masculina força o beijo a uma personalidade feminina. Estas cenas são transmitidas sem qualquer pudor sobre o público-alvo». Por isso, afirma um dos participantes, só pode deduzir que «se trata de um ato discriminatório com base na orientação sexual».

Chamado a pronunciar-se, o Biggs, através de Maria João Martins, diretora de programação, disse que o conteúdo foi alvo de uma "livre mas, naturalmente, suscetível de desacordo, avaliação e opinião da Direção": "As cenas em causa, pelo seu teor, poderiam não ter o melhor acolhimento e suscitar reações de índole contrária à que as queixas refletem", pode ler-se na deliberação. 

"Tratou-se tão somente de uma apreciação de natureza editorial, que nada tem a ver com censura", defende o canal infantil, que se diz no "exercício legítimo do direito e da liberdade de programação que lhe assiste e no quadro das responsabilidades editoriais que lhe cabem".

A ERC optou por arquivar o caso. Segundo a entidade, "não se está perante um incitamento ao ódio gerado pelo sexo e pela orientação sexual, mas a um silenciamento das temáticas homossexuais e transgénero de um programa infantil por alegadamente terem sido consideradas desadequadas ao público jovem". No entanto, o regulador considera tal preocupação como "legítima, dado que se está perante um assunto fraturante na sociedade portuguesa, mas que acaba por perder relevância quando se analisa a série no seu conjunto". O regulador diz que "após o visionamento dos quatro episódios, verificou-se que a sexualidade, sobretudo feminina, está muito presente na série, mas de uma forma mais subtil". De qualquer forma, o corte das cenas "não resulta (...) algum apelo à discriminação em razão da orientação sexual, ou alguma uma forma de veicular má informação para o público telespetador" e, por isso o procedimento foi arquivado. 

Na história de "Sailor Moon Crystal", Haruka e Michiru são namoradas e não primas como acontece em certas versões internacionais. Apesar de constar no site do Biggs, a série não está em exibição. 

encontraste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
ouve o largo.fm e torna-te nosso patrono.
09.06.18

Blogue "Ouve-se" vai ter rádio digital


por Redação o largo.

Divulgação

 

O blogue Ouve-se vai passar a ter uma voz: o blogue musical vai passar a ter uma rádio online já no próximo dia 25 de julho, dia de aniversário do blogue. 

Ouve-se Rádio é o nome do novo projeto de rádio digital onde os visitantes assíduos encontrarão, 24 horas por dia,todas as músicas que já se "ouviram" no blogue.

"O que queremos é dar mais uma opção de escuta de todo o acervo que o blogue acumulou durante dois anos, primeiro como Cassete Pirata e, desde janeiro, como Ouve-se", refere Bruno Fernandes, diretor d'A Voz do Largo e do Largo do Beco. O responsável refere que este passo já era desejado há muito: "Apesar da forte presença que o blogue tem no Spotify ou no MEO Kanal, fazia todo o sentido termos uma rádio temática voltada apenas para este projeto."

A emissão estará sempre disponível no blogue, a par das músicas que são selecionadas em formato curadoria: "Não podemos esquecer quem somos para, depois, nos esquecerem. O Ouve-se nasceu como um projeto de curadoria e assim se manterá!". 

A Voz do Largo regressa com três novos temas

Depois de ser "A Voz do 25 de Abril" e "A Voz da Eurovisão", a rádio temática do Largo do Beco vai ter ter novidades.

A Voz do Largo, durante este tempo de verão, assume três novos temas: "A Voz dos Festivais" e "A Voz das Festas e Romarias" e "A Caixa de Música do David". Os vários canais poderão ser selecionados no site da rádio e manter-se-ão online de 18 de junho a 16 de setembro. 

"São conteúdos radicalmente diferentes e, como não os podemos ter em antena ao mesmo tempo, optamos por criar vários canais áudio onde os ouvintes podem escolher o que querem ouvir", diz Bruno Fernandes. 

"A Voz dos Festivais" será o canal dedicado aos festivais de verão. Informação sobre cartazes, confirmações, etc. para além dos artistas que  vão estar presentes nos vários festivais espalhados pelo país, desde os festivais mais pequenos até aos de grande dimensão

Já "A Voz das Festas e Romarias" tem conteúdos radicalmente diferentes. "É uma rádio em contínuo com músicas de cariz popular. Queremos que este canal seja o acompanhamento de qualquer 'baile de verão'", explica 

Por fim, "A Caixa de Música do David" assinala os 20 anos de carreira de David Fonseca. "Esta é também uma rádio em contínuo onde nos embrenhamos no mundo do David Fonseca". Ao longo de uma semana (24 de junho a 1 de julho), temas, versões recriadas ou, até, versões feitas por fãs passarão por esta webrádio temática. 

"Acreditamos que estes conteúdos trazem valor àquilo que a nossa equipa faz todos os dias em todos os blogues da nossa rede", conclui. 

encontraste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
ouve o largo.fm e torna-te nosso patrono.
08.06.18

"Zona Livre", em Vila Real, encerra no final de junho


por helena margarida

Divulgação

"No final deste mês de junho termina a Zona Livre tal como a conheceram. Vila Real não quis este projeto e é nosso dever não insistir", escreve Rui Fernandes, mentor desta Associação, no seu perfil de Facebook. 

Foram 1026 iniciativas em 4 anos, e "as pontes que criámos com mais de 36 entidades não chegaram" para manter a porta aberta. Lembra que foram criados e acolhidos na Zona Livre vários festivais mas "pareceram não ter tido valor cultural suficiente", lamenta. 

Rui Fernandes diz ter a sensação de que a visibilidade que este projeto tinha "era demasiada para aqueles que teimavam em fazer de conta que éramos transparentes, motivando comparações com eles e pondo a descoberto o seu vazio de estratégias ou ideias".
Garante que o único objetivo foi "tão só evitar a degradação deste edifício, dando-lhe uma intensa atividade que o dignificasse e preservasse. Tudo isto, orgulhosamente, cumprimos".
Deixa algumas criticas ao poder local quando diz não poder ser esta direção, quase em exclusivo, a financiar a cultura no centro histórico de Vila Real. "Se se considera o entretenimento como a trave mestra de envolvimento social, parece-nos pouco. Parece-nos pobre" e alerta que "mais tarde ou mais cedo, terá um custo muito elevado para uma capital de distrito".
Deixa um reconhecimento "a quem participou nas nossas propostas" e um agradecimento aos associados, aos Bombeiros Voluntários da Cruz Branca e à Junta de Freguesia de Vila Real "que nos acompanhou sempre e de perto".
Vai adiantando que "se Vila Real não quis este projeto, sabemos que há vila-realenses que merecem outras coisas", pede desculpa pela interrupção e promete "ser breves".
A Zona Livre é um espaço de convívio, sala de cinema, galeria de exposições, palco de concertos e peças de teatro, polivalência que abrange ainda formação artesanal, espaço para eventos, salas de leitura e cafeteria. Instalou-se no Teatro Morais Serrão em 2014, ocupado até então pela Filandorra - Teatro do Nordeste.
No final de junho fecha portas, ao que tudo indica, por falta de apoios económicos e institucionais. Nas redes sociais são já muitos os associados e frequentadores do espaço que já manifestaram o desagrado pela situação e se solidarizaram com Rui Fernandes e este projeto que tem dinamizado a vida cultural em Vila Real.

encontraste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
ouve o largo.fm e torna-te nosso patrono.
08.06.18

Anthony Bourdain "cozinhou" o fim da própria vida


por helena margarida

Direitos Reservados

"É com muita tristeza que confirmamos a morte do nosso amigo e colega Anthony Bourdain", escreveu a CNN em comunicado oficial. Bourdain estava em Estrasburgo, em França, a gravar um episódio da série que protagonizava na CNN quando foi encontrado inconsciente, no hotel onde estava instalado, esta manhã, 8 de junho, pelo amigo e chef francês, Eric Ripert.

O ministério público da localidade francesa de Colmar já confirmou a causa da morte, o cozinheiro americano suicidou-se por enforcamento, no hotel Le Chambard, na região da Alsácia, "sem que existam indicações no momento para considerar a intervenção de um terceiro" informou o procurador Christian de Rocquigny du Fayel.

Bourdain construiu uma carreira como chef mas também como figura dos media, tendo protagonizado vários programas de televisão e publicado vários livros, como "Kitchen Confidential: Adventures in the Culinary Underbelly" (editado em Portugal com o título "Cozinha Confidencial Aventuras no submundo da restauração") e "Medium Raw: A Bloody Valentine to the World of Food and the People Who Cook".

Em televisão, estreou-se com o programa "A Cook's Tour" no Food Network que constituiu a rampa de lançamento para "Anthony Bourdain: No Reservations" (Anthony Bourdain: Sem Reservas) no Travel Channel que ganhou dois Emmy e mais de uma dezena de nomeações.

Em 2013, Bourdain mudou-se para a CNN, onde rapidamente se tornou um dos principais rostos da estação e onde tinha atualmente em exibição a 11ª temporada de "Parts Unknown" (em Portugal em exibição no 24 Kitchen, "Anthony Bourdain: Viagem ao desconhecido").

Em fevereiro de 2017, Bourdain esteve em Portugal, no Porto, a gravar um novo episódio da série "Parts Unknown” onde as tripas à moda do Porto e a lampreia foram protagonistas. Esteve em Portugal mais que uma vez, tendo programas em Lisboa, no Porto e nos Açores.

Uma das marcas distintivas de Bourdain era encontrar um pouco por todo o mundo histórias que o interessavam e que podia contar através da sua arte enquanto chef, privilegiando sobretudo aquelas que lhe permitiam dar a conhecer as condições de populações marginalizadas e também lutar por melhores condições para quem trabalha em restaurantes.

"O seu amor pela aventura, por fazer amigos, pela boa comida e bebida e as histórias memoráveis do mundo fizeram dele um contador de histórias único", escreve a CNN.

Aos 61 anos, Anthony Bourdain, sai de cena para embarcar, definitivamente, numa "Viagem ao desconhecido".

encontraste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
ouve o largo.fm e torna-te nosso patrono.
08.06.18

Jovens Artistas tomam de assalto Forte de Sto António da Barra


por helena margarida

Divulgação

O Forte de Sto António da Barra, no Estoril, foi tomado de assalto por 64 jovens artistas que por lá vão ficar até domingo, 10 de junho, com o propósito de mostrarem o seu talento.

Selecionados entre 200 candidaturas, os eleitos expõem as suas obras nas áreas de pintura, escultura, instalação, fotografia, colagens, ilustração, gravura, música, stand up e arte digital.

Esta primeira mostra de arte jovem promovida pelo projeto Base LX, uma Associação sem fins lucrativos, pretende ser “o princípio, a origem, o começo e que sirva de pedestal para os jovens que nasceram com um dom para a arte mas que não estão inseridos nas (poucas e muito fechadas) elites artísticas”.
Três dias que não serão só uma exposição, "será um espaço para o desenvolvimento artístico dos jovens” e para promover a inovação, os eventos culturais e “aumentar o seu prestígio e a sua presença neste mundo”, explica a organização. Como tal haverá "Conversas" com Marta D'Orey, Diogo Muñoz e Rita Ferro; "Comédia" com Francisco Salema Garção e "Concertos" de Zanibar Aliens, LaGardère, Marconi's Chin, Iguana Garcia, O Norueguës e Inês Homem de Melo.
Esta é também uma oportunidade para apoiar causas sociais, uma vez que por cada obra de arte vendida os lucros serão distribuídos da seguinte maneira: 70% para o artista, 20% para a BASE e 10% para uma instituição de solidariedade à escolha do Artista.
Com o lema da "Base ao Topo" faz-se este evento de entrada livre.

encontraste um erro? propõe uma correção ou, simplesmente, fala connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
ouve o largo.fm e torna-te nosso patrono.

na rede...

informadouro _


toda a informação regional atualizada no canal Informadouro.

e&e _