Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

#informação #entretenimento #rádio

21.05.18

SAPO 24 lança documentário online sobre a seleção nacional


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

 

A plataforma noticiosa SAPO 24 vai lançar o documentário "Chegamos lá, Cambada". 

A apresentação pública deste projeto acontece esta terça-feira, dia 22, na loja Worten do Centro Comercial Colombo. Para além da apresentação do primeiro episódio do documentário, haverá ainda uma sessão pública aberta à participação de todos moderada pela jornalista Cecília Carmo e com participações de Pedro Adão e Silva, comentador e sociólogo, e Jorge Andrade, ex-futebolista. 

Segundo o comunicado enviado às redações, os três oradores "irão analisar os factos que fizeram a história da nossa Seleção, dos puramente desportivos aos mais inusitados e de bastidores". 

"Chegamos Lá, Cambada" é um documentário composto por oito episódios e que espelha "o percurso da Seleção Portuguesa de Futebol em provas do Mundial de Futebol, ao longo dos últimos 32 anos". O primeiro episódio, que terá estreia absoluta nesta ação, vai-se focar no Mundial de 1986 e o caso "Saltillo". 

Realizado pela MadreMedia, os episódios serão divulgados em http://24.sapo.pt

 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
21.05.18

RTP: jornalista agredido durante a final da taça de Portugal


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

 

Um jornalista da RTP foi agredido durante a final da Taça de Portugal, no estádio do Jamor. 

Segundo um comunicado da Comissão de Trabalhadores (CT)da RTP, o "jornalista repórter" foi agredido por "criminosos disfarçados de adeptos de futebol", tendo sidotambém destruído material da própria estação. 

Em declarações à Agência Lusa, citadas pelo Diário de Notícias, Tiago Garcia, porta-voz do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, diz que adeptos do Sporting "atiraram pedras a equipas de reportagem que se encontravam na praça da Maratona". 

A CT diz que "as agressões a jornalistas no exercício das suas funções são crime público, e portanto, espera agora das autoridades competentes, uma actuação célere na investigação e acusação dos autores deste crime". 

"Isto simplesmente não pode continuar", refere o mesmo comunicado. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade