Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

16.05.18

Correio da Manhã: PSP reforça segurança de jornalistas após ameaças


Bruno Micael Fernandes

Sérgio Lemos/Correio da Manhã/Direitos Reservados

 

A PSP está a reforçar a segurança da redação do Correio da Manhã após vários jornalistas do jornal e da televisão do grupo Cofina terem recebido ameaças pelo telefone, avança a edição online do jornal Público, citando Hugo Palma, porta-voz da PSP. 

"Desdde ontem que terão sido feitos telefonemas para funcionários do Correio da Manhã e da CMTV", confirmou o agente ao matutino. A segurança foi reforçada na manhã desta quarta-feira, junto à redação do jornal e, segundo o porta-voz,  "com base nessas ameaças, estamos a garantir em permanência a presença de polícia no local". 

As ameaças estão já a ser investigadas. 

Contactado pelo Público, Octávio Ribeiro, diretor-geral editorial do grupo Cofina, afirmou, por seu turno, não terem havido "ameaças nenhumas" mas sim um reforço da segurança por "razões preventivas", tendo sido o próprio jornal a solicitiar esse reforço. O diretor-geral escusou-se a referir o motivou o jornal a efetuar tal pedido à PSP: 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
16.05.18

"Fogooooooooo fujam!": Falha provoca envio de alertas indevidos para clientes da MEO


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

 

Vários clientes da MEO receberam, durante a manhã desta quarta-feira, várias mensagens provenientes de um remetente identificado como "TestPT1", avança a edição online do jornal i. "Fogooooooooo fujam", "Mensagem de teste Teresa 2" ou "Mensagem de teste 04" são algumas das mensagens que forma recebidas. 

Durante a tarde, a MEO enviou novas mensagens pedindo "desculpa pelo incómodo", referindo que as "SMS de teste" foram enviadas "por erro" e que os clientes deviam ignorar estes alertas. Segundo fonte da operadora, citada pelo diário, houve uma "anomalia informática, impossível de contornar". Ainda segundo o i, o número de destinatários afetados pela falha terá sido residual e serão subscritores dos alertas do portal SAPO. 

A partir de 1 de junho, numa parceria entre a Autoridade Nacional de Proteção Civil e as operadoras, as populações começaram a receber alertas SMS com informações sobre perigos e comportamentos a adotar em caso de incêndio. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
Banner billboard Saldos 2019