Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

#informação #entretenimento #rádio

15.05.18

Exposição de vidro de Murano no Museu do Vidro da Marinha Grande


helena margarida

pinterest.com

“Fratelli Toso, 1910-1970” é o título da exposição de vidro de Murano do colecionador Lutz H. Holz, que inaugura no dia 18 de maio (sexta-feira), pelas 21h30, no Museu do Vidro, na Marinha Grande. A entrada é livre.

A inauguração ocorre no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus e integra também a atuação do Quarteto D. Dinis do Órfeão de Leiria (quarteto de cordas), a ter lugar no Palácio Stephens, logo após a abertura da exposição.

Fundada em Murano - Veneza no ano de 1854 pelos irmãos Toso, a fábrica Fratelli Toso deu um importante contributo para a história do vidro de Murano, não só pela sua importância na renovação artística do vidro de Murano no século XIX, mas também pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento da utilização das técnicas de murrine ou millefiori na produção de vidro manual.

A Fratelli Toso contou, ao longo dos tempos, com a colaboração de importantes artistas e alguns dos mais famosos mestres vidreiros, que lhe permitiram a construção de uma reputação consolidada na ilha de Murano, e um nível de grande qualidade na produção de murrines, sobretudo no período após a II Guerra Mundial. 

A história e percurso desta fábrica é-nos contada através da coleção de Lutz H. Holz, que desde há vários anos tem vindo a reunir um importante acervo de vidro de Murano.

A exposição Fratelli Toso 1910-1970 dá-nos a conhecer cerca de 60 anos de produção desta fábrica histórica, através de alguns dos melhores exemplares em vidro de Murano produzidos pela Fratelli Toso, realizados através de técnicas tradicionais venezianas, numa combinação de história, arte e ciência do vidro.

A exposição fica patente até ao dia 21 de outubro, de terça-feira a domingo das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
15.05.18

“Viagem pelas minhas estórias” de Patrícia Mouzinho chega a Odivelas


helena margarida

Divulgação

O Centro de Exposições de Odivelas recebe a exposição “Viagem pelas minhas estórias” da artista plástica Patrícia Mouzinho a partir do próximo dia 17 de maio. A inauguração está agendada para as 21h00.

Patrícia Mouzinho nasceu em Lisboa, onde trabalha como jornalista no canal de televisão SIC há mais de 20 anos. Atualmente faz sobretudo reportagens especiais. Começou a pintar há mais de 25 anos como autodidata, mas nunca sentiu vontade de dar a conhecer esta sua faceta nem de expor os seus trabalhos, optando por deixá-los viver entre as paredes de familiares e amigos. Em outubro de 2016 resolveu colocar alguns trabalhos à venda na Saatchi, galeria on-line norte-americana, e desde então, não parou de vender quadros. Já frequentou vários workshops de desenho e pintura em Portugal e no estrangeiro, entre os quais um sobre técnicas de retratos a óleo em Florença, Itália, com o professor Vladimir Jovicevic e um outro em Londres, na Universidade Central Saint Martins, com a pintora polaca Ewa Gargulinska cujo foco era a forma intuitiva e expressiva da pintura.

“Viagem pelas minhas estórias” é a primeira exposição individual de Patrícia Mouzinho e fica patente até 1 de julho de 2018 na Galeria D. Dinis do Centro de Exposições de Odivelas.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade