Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

18.04.18

Enterro da Gata 2018: já há cartaz completo e "a Gata quer casa!"


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

 

A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) já apresentou o cartaz completo para a edição 2018 do Enterro da Gata. O mote deste ano é "A Gata quer casa!".

Em conferência de imprensa, esta quarta-feira, no espaço AAUM, no campus de Gualtar, em Braga, Nuno Reis, presidente da AAUM, disse que o tema vai ao encontro daquilo que associação tem defendido "ao longo deste ano" sobre o alojamento estudantil: "A nível nacional, tem sido um problema. O Governo respondeu com a criação de um artigo no Orçamento de Estado mas, sobre este artigo, não há grandes esclarecimentos", diz o dirigente. 

Para além disso, a AAUM quer chamar a atenção para outro problema: a necessidade da AAUM encontrar uma nova sede. "A atual sede, neste momento, não tem as condições necessária para continuar a oferecer todas as valências aos grupos culturais, aos estudantes que utilizam o Bar Académico e que utilizam as instalações" da AAUM, diz o estudante. 

"Esperamos que tenha algum efeito nas entidades municipais, nas entidades académicas, de forma a que seja dado uma especial atenção a estes dois assuntos", refere o presidente da associação minhota. 

A aposta foi num "cartaz nacional"

Já quanto ao cartaz, André Wilson, vice-presidente do Departamento Recreativo, a aposta foi num "cartaz nacional" e "transversal a todos os gostos". 

O  cartaz terá AGIR e Fernando Daniel (dia 12); os grupos Culturais da UMinho (Afonsina, Augustuna, Gatuna, Literatuna, OPUMDEI, TMUM, Tun'ao Minho, Tun'Obebes e TUM) e Quim das Remisturas (dia 13); The Legendary Tigerman e Needle (dia 14); Slow J e Capitão Fausto (dia 15); Emanuel e Kalhambeke (dia 16); 
Mundo Segundo & Sam The Kid e Kappa Jotta (dia 17); e Richie Campbell e Tiago Bettencourt (dia 18). 

Orçada "entre 700 e 800 mil euros", as Monumentais Festa do Enterro da Gata decorrem de 11 a 18 de maio na Alameda do Estádio Municipal de Braga. Os bilhetes já estão à venda. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
18.04.18

TDT: Governo entrega à ERC regulamento para atribuição de duas licenças


Bruno Micael Fernandes

Rui Gaudêncio/Público/Direitos Reservados

 

Pode estar para breve o aumento da oferta de canais na Televisão Digital Terrestre (TDT).

O ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, referiu que a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) vai receber "muito brevemente" o regulamento para a atribuição de duas novas licenças para emissão na TDT, avança a Agência Lusa, citada por vários órgãos de comunicação social. 

"Muito brevemente saremos em condições de entregar na ERC o regulamento e o caderno de encargos para a atribuição de duas novas licenças", disse o ministro na comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto. 

O aumento do número de canais em sinal aberto, na ótica do Goveno, "reduzirá os custos" dos operadores com a TDT, contribuindo "decisivamente" para a sustentabilidade das empresas. 

Recorde-se que a 23 de junho de 2016, o Conselho de Ministros aprovou o alargamento da oferta da TDT. na altura, a prposta previa dois canais da RTP sem publicidade (o que veio a acontecer a 1 de dezembro com a introdução da RTP 3 e da RTP Memórioa) e outros dois reservados para privados cujo acesso seria por concurso. 

A TDT em Portugal tem uma oferta muito curta face aos outros países da Europa: França oferece mais de 30 canais, incluindo canais locais e pagos e quase todos em HD e mais de rádios, e Espanha oferece mais de 20 canais nacionais, vários canais temáticos e locais e em HD e rádios nacionais e locais, além de serviços interativos. Em Portugal, a oferta disponível é composta pela RTP1, RTP 2, RTP 3, RTP Memória, SIC, TVI e Canal Parlamento, para além dos canais regionais RTP Açores e RTP Madeira. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade
Banner billboard Saldos 2019