Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

15.04.18

Angelus TV: contribuições retiram canal do risco de encerramento


Bruno Micael Fernandes

Facebook Angelus TV/Direitos reservados

 

A Angelus TV já não está em risco de encerrar. Quem o diz é Sandra Dias, diretora do canal de televisão católico sediado em Fátima. 

Em declarações à Agência Lusa, a responsável refere que a situação não está resolvida "no todo". Recorde-se que, em março, a estação pedia 30 mil euros para se conseguir manter no ar: "O ideal seriam os 50 mil euros, mas com 30 mil euros já teremos manobra para negociar", referia a responsável na altura. 

Segundo a responsável, "o nosso apelo passava por termos quatro mil madrinhas ou padrinhos, tendo como ponto de partida um cálculo de dez euros por pessoa". Os espetadores responderam com ajudas que são "substancialmente" superiores a esse valor. As contribuições serviram para "fazer face a algumas necessidades mais prementes, como o pagamento de salários em atraso e impostos".

A responsável diz que a sustentabilidade do canal só se consegue se se conseguir, pelo menos 30 mil euros mensais. "Continuam a chegar constantemente telefonemas de pessoas a quererem ajudar, a quererem fazer uma ajuda extra para permitir a manutenção do canal", diz a responsável. "Por respeito a esse cuidado das pessoas, porque lhe fazemos companhia, queremos continuar. Se até aqui não tínhamos retorno financeiro e fomos aguentando, mais nos dá a responsabilidade de continuar a lutar agora com o apoio que temos tido", acrescenta. 

O prazo limite para a manutenção do canal era este domingo (dia 15) mas o canal conseguiu colmatar os "prazos a terminar e contas a pagar".

"Parece que estamos no bom caminho, mas neste momento ainda só atingimos os 20 mil euros", diz a responsável. 

Recorde-se que a Angelus TV enfrentava problemas económicos graves com salários em atraso desde novembro de 2017. O projeto, que assentava num canal generalista com publicidade, esbarrou em diversos problemas: "Muitos empresários não querem associar o seu produto a um canal católico, com receio de estarem a limitar os clientes. Esquecem-se que o católico também come, compra casa e tem as mesmas necessidades que qualquer pessoa", referiu Sandra Dias na altura. 

As contribuições continuam ativas no site do canal. A Angelus TV é um projeto privado de televisão católica. Lançado a 2 de maio de 2017, representa um investimento de 800 mil euros, tendo, na altura, 20 funcionários a tempo inteiro. O canal está presente nas operadores MEO, NOS e Vodafone. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
15.04.18

Adeus A&E! Olá Blaze!


Bruno Micael Fernandes

Divulgação

 

Está a chegar um novo canal a Portugal. Substituindo o A&E, a joint venture The History Channel Iberia traz para Portugal o Blaze.

O novo canal, que se estreia a 18 de abril, é dirigido ao público masculino relatando "histórias de heróis reais e autênticos que passam despercebidos no dia a dia, mas têm uma vida extraordinária". "Americano por natureza, mas com espírito português" é um dos motes do novo canal. 

Em declarações à Meios & Publicidade, Carolina Gadayol, diretora-geral da The History Channel Iberia, diz que a chegada do canal a Portugal "reforça o nosso compromisso em oferecer o melhor conteúdo de séries de não ficção e em exclusivo. Este novo canal de televisão satisfaz as necessidades de um perfil específico de espetador e chega apoiado pelo grande sucesso internacional que a marca tem obtido a nível europeu". 

 

Na programação, o espetador poderá contar com "Motor", "Pick-ups & Furious", "Qual o mais engenhocas?", "Loucos por Carros" e "Norte Selvagem". Outras séries, que são atualmente emitidas no A&E, mantêm-se na grelha do Blaze como "Quem Dá Mais?", "BattleBots", "Desafio Abaixo de Zero" ou "Alone". 

 

Blaze é transmitido no Reino Unido e em Itália desde 2016 e 2017, respetivamente. Dirigido a um público masculino entre os 35 e os 50 anos, o canal substituirá o A&E em todos os operadores (MEO, NOS, Nowo e Vodafone). 

O The History Channel Iberia é o produtor, em Portugal, dos canais História e Crime+Investigation. Para além disso, tem parcipação na DREMIA, produtora dos canais PANDA, Biggs, Hollywood e Blast (para o mercado africano!) 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade