we are social!

Hi, what are you looking for?

Sem categoria

UPorto: Alunos protestam em frente à reitoria

Este conteúdo tem 3 anos e poderá estar desatualizado.

 

Cerca de 30 alunos da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP), acompanhados de baldes de água, protestaram, de forma silenciosa, desde a manhã desta terça-feira, dia 03, em frente à reitoria da universidade. 

Segundo apuramos, os estudantes não foram recebidos por nenhum elemento da reitoria mas esta mostrou-se disponível para uma marcação de uma reunião. A meio da tarde, através de um megafone, foi lido um manifesto. A Associação de Estudantes da FBAUP demarcou-se do protesto. 

Bárbara Correia, aluna da FBAUP, em declarações ao jornal académico JornalismoPortoNet, diz que a manifestação ocorre depois de já terem tentado falar com alguém pelos métodos tradicionais mas com respostas pouco satisfatórias: “Ou dizem que as condições na faculdade são suficientes ou dizem que há falta de verbas”. “Houve inundações, houve trabalhos estragados, e foi uma espécie de gota de água para os alunos”, diz a aluna. 

Em declarações à mesma publicação, Sancha Castro, outra aluna da FBAUP, deu exemplos das condições os edifícios da faculdade: “Na semana passada, por exemplo, houve uma ficha de eletricidade que explodiu e uma aluna ficou sem ouvir durante algum tempo” . A falta de um técnico de cerâmica já levou a que deflagrassem “dois incêndios num só ano letivo”.”Nós convidamos a que vejam o estado da nossa faculdade e o perigo físico que corremos porque lidamos com máquinas muito perigosas e a falta de técnicos. Tudo associado, torna-se muito grave”, alerta a estudante. 

A manifestação terminou por volta das 17h. 

Tal como o Largo do Beco já noticiou, os estudantes da FBAUP reclamam por melhores condições nas instalações da faculdade. No documento partilhado nas redes sociais, dizem que “a despreocupação da Reitoria da UP face às especificidades de faculdades no âmbito artístico e humanístico, como são a Faculdade de Belas Artes, Arquitectura e letras têm, ao longo dos tempos conduzido estes espaços à ruína do edificado, material e, sobretudo na qualidade do ensino”. Na altura, tentamos entrar em contacto com a reitoria da UPorto e com a AE FBAUP que não responderam às nossas solicitações. 


publicidade
Publicado por

Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Try Apple Music

também poderás gostar disto.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"