we are social!

Hi, what are you looking for?

Sem categoria

“Logo à noite, no Jerónimo! de António M. Oliveira vai ser apresentado em Guimarães

Este conteúdo tem 3 anos e poderá estar desatualizado.

“Uma estória de estórias de solidão”. É assim que António M. Oliveira classifica o seu último trabalho. Um romance que aborda a solidão e as relações entre idosos.

“Um pequeno grupo de pessoas que a vida juntou numa aldeia não muito longe da capital, onde a vida corre devagar e ainda há tempo para tudo, até para saudar a vizinhança”, conta.

“Logo à noite, no Jerónimo!” vai ser apresentado amanhã, 21 de março, pelas 18h00, no Palacete da Praça de S. Tiago, no Centro Histórico de Guimarães. A apresentação estará a cargo de Isabel Fernandes, Diretora do Paço dos Duques de Bragança, Castelo e Museu de Alberto Sampaio.

António M. Oliveira, reconhecido nome do jornalismo português, em especial da RTP, é licenciado em Jornalismo e Mestre em Ciências da Comunicação. Nasceu a 29 de dezembro de 1941, na cidade da Guarda, e está atualmente reformado. Durante 21 anos, foi professor do Ensino Superior na área de Ciências da Comunicação no ISLA e na Escola Superior de Jornalismo, onde foi Diretor Pedagógico em 2000 e 2001.

“O que resta de Deus – uma estória de desencantos”, “Nove contos menos, mais um”, “Pedra d’Água” e “Nunca mais tenho flores à sexta-feira!” foram os primeiros quatro livros escritos por António M. Oliveira.

Publicado por

Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

também poderás gostar disto.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"