Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

#informação #entretenimento #rádio

20.03.18

“Logo à noite, no Jerónimo! de António M. Oliveira vai ser apresentado em Guimarães


helena margarida

Direitos Reservados

“Uma estória de estórias de solidão”. É assim que António M. Oliveira classifica o seu último trabalho. Um romance que aborda a solidão e as relações entre idosos.

“Um pequeno grupo de pessoas que a vida juntou numa aldeia não muito longe da capital, onde a vida corre devagar e ainda há tempo para tudo, até para saudar a vizinhança”, conta.

“Logo à noite, no Jerónimo!” vai ser apresentado amanhã, 21 de março, pelas 18h00, no Palacete da Praça de S. Tiago, no Centro Histórico de Guimarães. A apresentação estará a cargo de Isabel Fernandes, Diretora do Paço dos Duques de Bragança, Castelo e Museu de Alberto Sampaio.

António M. Oliveira, reconhecido nome do jornalismo português, em especial da RTP, é licenciado em Jornalismo e Mestre em Ciências da Comunicação. Nasceu a 29 de dezembro de 1941, na cidade da Guarda, e está atualmente reformado. Durante 21 anos, foi professor do Ensino Superior na área de Ciências da Comunicação no ISLA e na Escola Superior de Jornalismo, onde foi Diretor Pedagógico em 2000 e 2001.

“O que resta de Deus - uma estória de desencantos”, “Nove contos menos, mais um”, “Pedra d'Água” e “Nunca mais tenho flores à sexta-feira!” foram os primeiros quatro livros escritos por António M. Oliveira.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
20.03.18

“Mozart. Obras-primas para Sopros (I)” no FIMA 2018


helena margarida

Divulgação

O FIMA 2018 – Festival Internacional de Música do Algarve apresenta, no dia 23 de março, “Mozart. Obras-primas para Sopros (I)”, com interpretação de agrupamentos de câmara da Orquestra Clássica do Sul. O concerto tem lugar no auditório da Biblioteca Municipal de Castro Marim, pelas 21h00.

Em destaque irão estar algumas das mais importantes obras camarísticas, dando destaque aos instrumentos de sopro. Um reportório centrado na melhor música de Mozart resultante da encomenda de músicos seus conhecidos e para eles escrita tendo em mente as suas capacidades virtuosísticas, bem como as potencialidades do seu instrumento.

Com duração de 60 minutos, este espetáculo destina-se a maiores de 6 anos.

Os Bilhetes estão à venda na Bilheteira do Largo powered by BOL.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
20.03.18

Vão entoar-se "Cantos da Quaresma" no Teatro Stephens


helena margarida

Divulgação

Voz, sanfona, adufe, guitarra, hangdrum, kalimba, ponteiro, saltério, harpa, celta e sinos para ouvir durante 70 minutos, dia 29 de março, pelas 21h30, na Casa da Cultura Teatro Stephens, na Marinha Grande.

Quebra-se assim o jejum da Quaresma. Momento que representa na tradição musical portuguesa um período de sublimação. Saídos da folia do Entrudo, seguem-se quarenta dias de abstinência e reflexão. Ausentes os bailes, calados os instrumentos musicais e até o toque dos sinos, a música tradicional portuguesa incorporou a religiosidade profunda da época quaresmal, geradora de formatos musicais essencialmente vocais, pungentes e profundamente belos: encomendações das almas, martírios, loas, alvíssaras. 

“Cantos da Quaresma” faz de tal repertório motivo de espetáculo e junta no palco César Prata e Sara Vidal.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
20.03.18

Fundação INATEL homenageia Torga no Dia Mundial da Poesia


helena margarida

Divulgação

Miguel Torga vai ser homenageado em Dia Mundial da Poesia. A Fundação INATEL celebrará a 21 e 22 de março a vida e obra do escritor, em Vila Real e na sua terra natal: Sabrosa.

A iniciativa enquadra-se no âmbito da missão cultural da INATEL enquanto consultora da Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial com o propósito de evocar a importância do património literário português.

Este ano a Fundação descentraliza e diversifica o universo de poetas e escritores homenageados. A poesia em Torga serve de convite para uma viagem que pretende envolver as entidades locais, contando também com a participação da rede de associados coletivos (CCD INATEL) juntando dois fatores maiores: a divulgação da atividade dos associados e sua projeção nacional.

No dia 21 de março, pelas 21h00, decorrerá na Associação Zona Livre, em Vila Real, a Tertúlia “Celebrar Torga” com Maria Hercília Agarez e João Luís Sequeira. Haverá ainda uma atuação musical por Rui Oliveira.

No dia 22 será a vez do Auditório Municipal de Sabrosa receber um espetáculo de homenagem ao poeta/escritor, com direção artística de Luís Oliveira com Peripécia Teatro. Um programa de entrada livre composto por poesia, teatro, cinema, música e uma exposição que estará patente até ao final do mês de março na Zona Livre intitulada “O Douro… nos caminhos da literatura: Miguel Torga”.

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade