Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

28.02.18

Festival RTP da Canção 2018: Universal Music tem "orgulho" em representar Diogo Piçarra


Bruno Fernandes

RTP/Direitos Reservados

 

A Universal Music Portugal, editora de Diogo Piçarra, reagiu à desistência do cantor do Festival RTP da Canção. Num comunicado enviado às redações, a editora refere ter "um orgulho imenso" em representar Diogo Piçarra. 

Descrito como sendo um artista com "talento, profissionalismo e sensibilidade", a Universal Music diz que "o Diogo jamais colocaria em risco a sua brilhante carreira, conscientemente, perante um concurso com repercussão nacional e internacional". 

"É uma decisão difícil e corajosa, mas na qual a Universal se revê e se orgulha. A Família é para sempre", diz a editora. 

IURD não nada a ver com tema da polémica

Já esta quarta-feira, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) veio dizer que não tem nada a ver com o tema Abre Meus Olhos.

Segundo uma nota enviada à Agência Lusa, a organização diz que não "detém qualquer direito sobre esta música, nem o intérprete ali referenciado tem qualquer relação com a IURD".

Recorde-se que o tema Abre Meus Olhos é uma versão do tema Open Our Eyes de Bob Cull. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
27.02.18

Festival RTP da Canção 2018: Diogo Piçarra desistiu


Bruno Fernandes

Facebook Diogo Piçarra/Direitos Reservados

 

Diogo Piçarra desistiu do Festival RTP da Canção, anunciou o cantor. 

Num comunicado publicado na sua página de Facebook, o cantor agradece o apoio recebido e diz que sai do concurso para "alimentar mais esta nuvem" em torno da sua participação. "Tudo isto que se criou em torno da minha participação, já não é Música". No entanto, Piçarra mantém a sua posição em relação ao tema Canção Do Fim e diz ter "a consciência tranquila e cabeça erguida". 

"Não quero deixar de dizer o orgulho que poderia ser representar o meu país num concurso como a Eurovisão, mas já não faz sentido nenhum sequer tentar ganhar essa oportunidade. A minha carreira e vida não dependem disto, só depende de vocês e nesse sentido sei que estarei para sempre bem acompanhado", lê-se no comunicado. 

RTP nunca duvidou do cantor

A RTP já reagiu à decisão de Diogo Piçarra e também reagiu no Facebook. 

A estação pública diz compreender e respeitar a decisão do cantor de retirar o tema da corrida, acrescentando que "a RTP não duvidou em momento nenhum da integridade do artista". A "carreira" de Diogo Piçarra "fala por si", diz a estação. 

Assim, as votações para domingo voltam a zeros com Canção Do Fim a ser substituída pela oitava classificada da segunda semifinal: Mensageira, composta por Aline Frazão e interpretada por Susana Travassos, assume o número de telefone do tema de Diogo Piçarra. 

Recorde-se que Diogo Piçarra era acusado de "plágio" de uma música evangélica com o seu tema Canção do Fim.  A final do Festival da Canção decorre dia 4 de março no Multiusos de Guimarães e será acompanhada com um liveblog aqui no Largo do Beco

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
26.02.18

Festival RTP da Canção 2018: Diogo Piçarra acusado de "plágio". Cantor diz-se "surpreendido".


Bruno Fernandes

RTP/Direitos Reservados

 

A noite da segunda semifinal do Festival RTP da Canção 2018 foi de Diogo Piçarra. O cantor recebeu 12 pontos do júri e 12 pontos do televoto. 

Tudo podia ter corrido bem... até esta manhã quando o cantor foi acusado de ter plagiado uma outra música da década de 70 do século XX. Música essa ligada a temas mais evangélicos. O tema que seriviu de comparação é Abre Meus Olhos do pastor Walter McAlister, da Igreja Cristã Nova Vida, que, por sua vez, é uma versão de um original de Bob Cull e que tem como título Open Our Eyes (editado no início da década de 70). 

Diogo Piçarra viu-se obrigado a emitir um comunicado. Dizendo-se "surpreendido", o cantor refere ter a consciência "tranquila": "Nasci em 1990, não sou crente nem religioso, e agora descobrir que uma música evangélica de 1979 da Igreja Universal do Reino de Deus se assemelha a algo que tu criaste, é algo espantoso e no mínimo irónico. Desconhecia por completo o tema e continuarei a defender a minha música por acreditar que foi criada sem segundas intenções".

Dizendo que a ideia para Canção Do Fim que apresentou no Festival RTP da Canção surgiu em 2016, o cantor diz que "nunca participaria num concurso nacional com a consciência de que estava a plagiar uma música da Igreja Universal. Teria agarrado na guitarra e feito outra coisa qualquer". 

A RTP ainda não emitiu qualquer comunicado reagindo a esta questão. 

A atuação de ontem de Diogo Piçarra é, neste momento, o 2.º vídeo mais visto em Portugal.

27/02 22h15: correção dos dados referentes ao tema Abre Meus Olhos  

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
26.02.18

Festival RTP da Canção 2018: Já estão escolhidos os sete últimos finalistas


Bruno Fernandes

RTP/Direitos Reservados

 

Já foram escolhidos os finalistas da segunda semifinal do Festival RTP da Canção.

Das 13 canções a concurso, apenas sete vão atuar a Guimarães no próximo dia 04 de março. A semifinal decorreu na noite deste domingo, nos estúdios da RTP, em Lisboa. 

Assim, a lista do segundo lote de finalistas é: 

  1. Diogo Piçarra - Canção Do Fim (24 pontos)
    Compositor: Diogo Piçarra
  2. Cláudia Pascoal - O Jardim (20 pontos) 
    Compositor: Isaura
  3. Maria Inês Paris - Bandeira Azul (12 pontos)
    Compositor: Tito Paris
  4. Minnie & Rhayra - Patati Patata (10 pontos)
    Compositor: Paulo Flores
  5. Lili - O Voo Das Cegonhas (10 pontos)
    Compositor: Armando Teixeira
  6. David Pessoa - Amor Veloz (9 pontos) 
    Compositor: Francisco Rebelo
  7. Peter Serrado - Sunset (9 pontos) 
    Compositor: Peter Serrado

A final decorre já no próximo domingo, no Pavilhão Multiusos de Guimarães, e o Largo do Beco acompanhará com um liveblog. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
25.02.18

Liveblog: Festival RTP da Canção - 2.ª semifinal


Bruno Fernandes

RTP/Direitos Reservados

Largo do Beco vai acompanhar a segunda semifinal do Festival RTP da Canção

A partir das 20h50, as Cláudia Paulo e Joana Ribeiro Santos mostram o que se passa pelas redes sociais e comentam as atuações do festival. 

Clica aqui para abrir a emissão da RTP (numa nova janela)

Liveblog

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
24.02.18

"Salvem a Sardinha!": Concurso Sardinhas Festas de Lisboa'18 já tem candidaturas abertas


Bruno Fernandes

Divulgação

 

Está aí a 8.ª edição do Concuro Sardinhas Festas de Lisboa'18. 

Este ano, o mote é "Salvem a Sardinha!": "ajudar a preservar a espécie, através da imaginação, estimulando a participação sem fronteiras" é o objetivo. 

No concurso que pede ao público que desenham e decorem as suas sardinhas, segundo a organização, "o tema é livre e a inspiração não tem limites: em ano de Mundial, queremos sardinhas ao pontapé – venham de lá essas sardinhas-Ronaldo! –; Alô Quirguistão? Já recebemos sardinhas de 70 países diferentes"., refere a nota enviadas às redações.

Este ano, a Câmara Municipal de Lisboa e a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC) esperam atingir a marca das 50 mil sardinhas recebidas. O público terá um duplo desafio neste concurso: "além de participante, será também ele a decidir quais as 5 sardinhas que serão distinguidas com menções honrosas, através de uma votação nas redes sociais, a partir de uma pré-seleção pelo júri do concurso das melhores propostas de sardinhas". 

As sardinhas premiadas serão anunciadas a 31 de maio, recebendo um prémio de dois mil euros e farão parte da campanha das Festas de Lisboa' 18. 

As candidaturas podem ser efetuadas até às 18h do dia 19 de março em www.lisboanarua.com, onde está disponível o regulamento. 

estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo.
publicidade

Pág. 1/5