Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o largo.

onde tudo acontece...

14.12.17

“Lavoisier” encerraram o II Ciclo musical das “Novas Canções da Montanha”


helena margarida
“Novas Canções da Montanha”, inspirado nas obras de Miguel Torga vai já na segunda edição e tem cumprido os objetivos que nortearam este Ciclo Musical. “Têm sempre presente a língua portuguesa em papel de destaque nos trabalhos artísticos, aliada a uma componente poética que foi patente no repertório dos quatro grupos presentes ao longo de 2017” considerou João Sequeira, diretor do Espaço Miguel Torga em São Martinho de Anta, Sabrosa.
O sucesso da iniciativa faz com que regresse no próximo ano para continuar a dar a “conhecer e a promover novos grupos da música portuguesa junto de um público etário transversal e principalmente jovem” garante João Sequeira.
Os “Lavoisier” encerraram o II Ciclo Musical “Novas Canções da Montanha”. A dupla, Patrícia Relvas e Roberto Afonso, apresentaram vários trabalhos originais, através de uma mescla de melodia e poesia.
Pelo Espaço Miguel Torga passaram durante 2017, nomes como “Osso Vaidoso”, duo composto por Alexandre Soares e Ana Deus, “Aline Frazão”, cantora e compositora, nome maior de uma nova geração de músicos angolanos, e os “Estilhaços”, projeto de spoken word de Adolfo Luxúria Canibal e António Rafael, dos “Mão Morta”, o guitarrista Jorge Coelho (Torto, Zen) e Henrique Fernandes (Sonoscopia).
“Novas Canções da Montanha” é uma iniciativa inspirada na obra de Miguel Torga organizada pelo Espaço Miguel Torga e município de Sabrosa, contando com o apoio do município de Vila Real, Teatro de Vila Real e Fundação EDP. A produção e programação esteve a cargo da “Covilhete na Mão”.
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
14.12.17

Há livros a 1€ na Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro em Moimenta da Beira


helena margarida
Últimas edições, livros de todos os géneros literários, desde infanto-juvenil e adultos, de temáticas diversificadas como filosofia, antropologia, história, sociologia, ficção, poesia nacional e estrangeira, etc. Tudo à venda, desde um euro. Sim, leu bem, um euro.
Esta campanha de Natal decorre no átrio na Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, em Moimenta da Beira, até ao último dia do ano. A aquisição dos livros expostos poderá ser feita dentro do horário normal da biblioteca: 9h30/12h30 – 14h00/18h00 (de segunda a sexta-feira); 10h00/12h30 – 14h00/17h00 (sábados).
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
14.12.17

23 Milhas para todos os públicos em 2018


helena margarida
O 23 Milhas, projeto cultural do Município de Ílhavo, entra no primeiro trimestre de 2018 com mais de 30 propostas para todos os públicos. Os palcos que recebem os eventos são o do Centro Cultural de Ílhavo (CCI) e a Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré.
A 13 de janeiro, a Companhia Mala Voadora apresenta o espetáculo “Moçambique” e em fevereiro Marco da Silva Ferreira leva ao CCI o seu novo espetáculo de dança, “brother”. No Dia Dos Namorados são “Os Azeitonas” quem vão aquecer os corações do público no CCI e a 17 de fevereiro é a fadista Cristina Branco que toma conta do espaço para apresentar o seu novo disco “Branco”.
Os Linda Martini estão agendados para o dia 3 de março. Irão presentar na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré o seu novo álbum. Um espetáculo inserido no Palheta (1 a 5 de março), o novo ciclo da Mostra de Robertos e Marionetas. Será um concerto especial que conta com a participação das Marionetas Mandrágora.
A “Nação Valente” de Sérgio Godinho apresenta-se no CCI no dia 17 e a fechar a programação do trimestre, no dia 24 de março, a versão ao vivo do programa Altos e Baixos, do Canal Q, com Joana Marques e Daniel Leitão, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré.
“Acorda à Tarde”, o ciclo de concertos de cordas no Laboratório das Artes Teatro Vista Alegre, que promove concertos intimistas que terminam em conversa, chá e biscoitos tem este ano como grande destaque nomes como os Lavoisier (28 janeiro), o mítico B Fachada (11 fevereiro), Josephine Foster e Ka Baird (18 fevereiro) e a estreia nacional do furacão Sarah McCoy (11 março).

[gallery type="slideshow" size="medium" ids="83258,83259,83260,83261,83263,83264"]
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
12.12.17

Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Vasco Santana homenageia ator


helena margarida
Para assinalar o seu 20º aniversário a Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica Vasco Santana, vai homenagear o ator que dá nome ao estabelecimento de ensino no próximo dia 15 de dezembro, pelas 18 horas.
A encenação é de Isabel Moura Pinto e a apresentação de vários apontamentos do ator Vasco Santana, é da responsabilidade do Grupo de “Expressões & Impressões – Teatro na Casa” da Casa da Juventude, da Câmara Municipal de Odivelas.
O Grupo de Teatro vai apresentar vários excertos de algumas peças realizadas/executadas pelo ator Vasco Santana – nomeadamente “O Pátio das Cantigas”, “A Canção de Lisboa” e “O Pai Tirano”.
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
12.12.17

“Encontros” do Nobel Günter Grass expostos no Museu de Portimão


helena margarida
Está patente no Museu de Portimão a exposição “Günter Grass: Encontros”, com obras do escritor, poeta, dramaturgo e artista plástico, que em 1999 ganhou o Prémio Nobel da Literatura.
A mostra que traz a público um vasto conjunto de desenhos, aguarelas, gravuras e esculturas do artista plástico é um projeto do Goethe-Institut Portugal e da Fundação Günter e Ute Grass, em colaboração com o Günter Grass Haus, o Museu e o Município de Portimão e conta com o apoio da Embaixada da República Federal da Alemanha, da Associação São Bartolomeu dos Alemães em Lisboa e da Niepoort.
Nascido a 18 de outubro de 1927, na atual Polónia, desenvolveu com Portugal nos anos 80 e em concreto com a freguesia da Mexilhoeira Grande, lugar que escolheu para lhe servir de retiro e inspiração, uma relação muito rica e diversificada. Aqui, conseguiu trabalhar intensamente em novos textos, imagens ou esculturas ou simplesmente "não fazer nada" e desfrutar do sol, do campo e das especialidades culinárias de Portugal. Achados, como conchas, molas, pedras das praias do Algarve foram incluídos no trabalho, como mostra esta exposição.
Com dezenas de exposições realizadas no Algarve, Günter Grass manteve com o escritor português, José Saramago, galardoado um ano antes com o Prémio Nobel de Literatura, uma amizade duradoura.
No final da sua vida, Grass lamentava não poder viajar para Portugal por motivos de saúde, escrevendo no seu último livro, "Vonne Endlichkait", "Ah, meu Portugal perdido, como sinto falta da tua costa sudoeste".
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
12.12.17

“Este Natal ofereça um Livro” é a proposta da Biblioteca José Saramago


helena margarida
Neste Natal, aceite a proposta da Biblioteca Municipal e visite o espaço onde poderá conhecer as novidades literárias. “Este Natal ofereça um Livro” é uma mostra e venda de livros, organizada pelo Município de Avis com o principal objetivo de promover e valorizar o livro e a Biblioteca como espaço público de leitura.
Até ao dia 29 de dezembro os visitantes têm acesso a mais de uma centena de títulos de um alargado número de editoras e distribuidoras, cuja venda, com desconto sobre o preço de capa, visa a promoção de conteúdos e o contacto direto com uma bibliografia adequada a diferentes idades, incentivando ao manuseamento, à apreciação dos livros expostos e à prática de escolhas fundamentadas.
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
12.12.17

Teatro de Montemuro levou “Contos de Baco” à Quinta da Taboadela em Sátão


helena margarida
Foi de taça de vinho na mão que a plateia presente na Quinta da Taboadela, freguesia de Silvã de Cima, em Sátão, assistiu aos “Contos de Baco” pelo Teatro de Montemuro.As personagens contaram, cantaram e beberam, num palco em que a figura central foi o vinho.O espetáculo proporcionou momentos dinâmicos com os presentes que se envolveram no cenário desenhado de acordo com o espírito de “baco”.[caption id="attachment_83235" align="alignnone" width="800"] Divulgação[/caption] 
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
12.12.17

Jornalista Afonso Brandão lança Biografia do pintor Tó Carvalho em Tomar


helena margarida
“Vida e Obra” de Tó Carvalho é o título da biografia do pintor natural de Castelo Branco da autoria de Afonso Almeida Brandão, jornalista e crítico de arte que tem vindo a publicar diversas biografias de pintores nacionais.
António Augusto Nunes de Carvalho de nome próprio, Tó Carvalho escolha artística, radicou-se em Tomar muito novo, estando o seu nome desde há muito ligado às artes plásticas da cidade. “Um Pintor que confirma a nossa própria imagem de Portugal” lê-se na sinopse do livro “o que é decisivo [para a identificação dos portugueses com a obra do pintor] são antes os temas dos quadros em si, assim como o facto de as cenas representadas traduzirem uma direta referência à serra, ao prado, à ribeira, à escarpa e sobretudo ao Povo, decidindo a dar-lhe forma e vida, ressaltando no cenário da faina rural ou da marinha, do casario urbano ou rústico, da Natureza mas também no idílico romance num prado (pag.15), no ambiente monástico do histórico ou em cenas da forja e do estábulo (pag.21), dos barcos, do mar e dos pescadores (pag.27) com a exatidão realista dos pormenores de cada tema que a execução lhe confere e realça de forma harmoniosa e equilibrada.”
As exposições em meados dos anos 80, tornaram o artista conhecido de um público mais alargado entre nós e em alguns países europeus e, posteriormente, na América do Sul e Ásia, “mostram que este fenómeno não se deve a uma determinada maneira de pintar que representa a Escola Clássica dos Séculos XVIII e XIX que Tó Carvalho acabaria por abraçar como opção pessoal e determinante.”
O lançamento da biografia “Vida e Obra” de Tó Carvalho é organizado pelo Município de Tomar e pela Junta Urbana e vai decorrer esta quinta-feira, 14 de dezembro, no Complexo Cultural da Levada em Tomar, pelas 17 horas.
estamos no facebook e no twitter.
visita também a bilheteira do largo. e torna-te patrono.
publicidade