we are social!

Hi, what are you looking for?

Sem categoria

Música e Movimentos Partilhados junta Universidades do Norte de Portugal e da Galiza em Compostela

Este conteúdo tem 4 anos e poderá estar desatualizado.

Santiago de Compostela, na Galiza, Espanha, será anfitriã do Encontro Euroregional de Artes Cénica e Musicais nos próximos dias 28 e 29 de novembro. Esta é já a segunda edição do “Música e Movimentos Partilhados”, jornadas culturais universitárias que envolvem universidades da Galiza e do Norte de Portugal.

São seis as Universidades envolvidas (3 portuguesas e 3 galegas) neste projeto de cooperação cultural no âmbito da Fundação CEER. Uma ideia que surgiu da necessidade de partilhar a cultura e a atividade artística desenvolvida nas instituições de ensino superior, abrindo-se um canal de difusão da cultura universitária transfronteiriça que permite a criação de sinergias.

Divulgação

A Igreja da Universidade de Compostela é o cenário que recebe dia 28, às 20h00, a primeira atividade deste encontro. Uma dramatização de “O Romance do Pergamiño” pela Universidade de Vigo. Depois vai fazer-se silêncio para se ouvir cantar o fado. Fado Académico do Orfeão da Universidade do Porto. O Ensemble de Percussão da Universidade do Minho vai brindar os presentes com obras para marimba, vibráfono e caixa. O encerramento desta primeira noite será da responsabilidade da Universidade de Santiago de Compostela com a interpretação de duas peças de Astor Piazzolla.

O Teatro local recebe as atividades culturais programadas para o segundo dia. Às 20h00 começam a ser exibidas as três curtas metragens vencedoras do XV Prémio de Criação Audiovisual da Universidade de Vigo nas áreas da narrativa, animação e vídeo experimental. A tela dá lugar ao palco para o grupo da Escola de Teatro da Aula de teatro da Universidade de Santiago de Compostela apresentar a peça “Sonche Bicho”. O teatro dá lugar à dança com coreografias Max Mix do grupo de Dança Contemporânea da Universidade da Coruña e a trigonometria do strip-tease do Espaço de Dança da Universidade de Santiago de Compostela.

O Projeto 31 horas de “Sons do Douro” encerram a programação. O grupo criado na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro apresenta o espetáculo em que transforma pipas de vinho em instrumentos musicais, misturando os sons da percussão tradicional portuguesa com ritmos contemporâneos.

O Encontro Euroregional Universitário de Artes Cénicas e Musicais realizou-se pela primeira vez em 2016, em Vila Real, cidade sede da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Publicado por

Clica para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

também poderás gostar disto.

Televisão

Ação da série desenrola-se na fronteira entre a Bélgica e os Países Baixos

Televisão

Al Jazeera mantém-se, no entanto, nas restantes plataformas do serviço.

Em destaque

Ao todo, são três adições à grelha de canais disponível em mobilidade.

Em destaque

Acordo permitirá "a implementação de um serviço de bibliotecas públicas de qualidade no território"